O último romântico concurseiro

Precisamos falar sobre amor. Eu sou muito romântica, vou logo avisando! Desde a época do ensino médio, minhas amigas ficavam dizendo o quanto eu era assim. Já li a maioria dos livros do Nicholas Sparks; já vi quase todas as comédias românticas clichês que você puder imaginar; já escrevi poemas de amor e cartas também. Tudo isso para mostrar que talvez eu seja a última romântica!

Desde que comecei a faculdade, as semanas de prova se tornaram meu pior pesadelo. Por isso, sempre aos finais de semana, eu estava em um relacionamento sério com os livros. Agora, meus amigos, a situação mudou. Muitas coisas me aconteceram: intensas e rotineiras crises de ansiedade, depressão, estágio, e, sim, me aventurei num relacionamento amoroso com uma pessoa de carne e osso.

Como já dizia nosso amigo Lulu Santos: “Me dá um beijo, então/Aperta minha mão/Tolice é viver a vida assim sem aventura”. É, meus caros, viver um romance é se aventurar e vivê-lo enquanto somos concurseiros é se aventurar em dia de chuva. Mesmo que a chuva seja muito intensa, sempre haverá um local de abrigo. E em meio aos dias e as noites em claro, haverá uma mensagem dizendo que acredita em mim para energizar.

Amar é se distanciar por um tempo para atingir um objetivo maior; é saber que há pessoas que amam o seu sonho, mesmo não compartilhando dele. Lulu nunca errou ao falar que precisamos nos aventurar, porque é bom ter alguém para dar as mãos nessa loucura. É bom saber que, depois de tanto batalhar, terei um amor para dividir a minha vitória.

banner_descomplica_concursos

Não julgo, caso você ache bom abrir mão de um relacionamento para passar num concurso público. Mas eu acredito que dá sim para viver um grande amor e ter o nome divulgado no DOU. Daqui a alguns anos, poderei exercer o que eu amo, pendurar minha toga, fechar o meu gabinete, chegar em casa e ter minha família me esperando. Encontrar meu amor dos 20 anos, o mesmo, ao meu lado e saber que foi uma construção, uma aventura de construção.

Às vezes gosto de pensar que sou mesmo a última romântica, mas chego à conclusão de que existem outros além de mim. Afinal não é todos os dias que encontramos alguém que nos ama e com quem queremos passar a vida inteira.

Eu já encontrei o meu amor, graças a Deus. Desejo que você também encontre o seu, para se aventurar nessa coisa que é a vida!

Ah! Aproveita e manda esse texto para o seu crush <3. Inspire-se e escute a música do Lulu também. Feliz dia dos namorados! Até mais. Nos vemos em outro texto. 😉

P.S: esse textinho é dedicado ao meu amor e parceiro, Rafael Guilherme <3

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here