“Crônicas do F5”

Sabemos que hoje existe uma função sem tecla de atalho nos tablets e smatphones, mas quem usa o navegador do notebook ou do desktop vai entender do que estamos falando.

Ocorre que este não é um artigo sobre informática. É sobre a ansiedade de esperar o gabarito, o resultado de um concurso. Ok, a gente sabe que não deve criar expectativas e que a regra é ser muito reprovado ao longo da trajetória e a exceção é a aprovação. Só que nem sempre é possível.

Eternos questionamentos

Na maioria das vezes, buscamos ser racionais e conseguimos ser. Contudo, o tempo vai passando e a vontade de ver resultados vai aumentando. A dedicação de muitos de nós é enorme e, quando menos percebemos, já fizemos muitas renúncias. Nossas vidas ficam cada vez mais reduzidas a estudar. Com isso, a vontade de ter uma rotina mais “normal” nos faz colocar muita importância em cada prova que prestamos.

A gente pode tentar inúmeros concursos, imaginar que aquele é só mais um treino, mas lá no fundo oculto dos nossos corações mora uma vontade de sair dali aprovados. Duvido que a grande maioria não tenha esse pensamento. Aliás, chega a ser covardia pedir pra quem está se dedicando de corpo e alma não pensar assim.

banner_descomplica_concursos

A importância de aprender com os resultados

Um bom gatilho para não ficar triste com eventuais resultados não satisfatórios é pensar de acordo com cada fase de estudos em que você esteja. Se estiver no começo, pense que aquele resultado foi ótimo para um principiante. Se você estiver na fase intermediária, dá pra se alegrar com cada pequena vitória e olhar para trás, enxergando o quanto já evoluiu. Se chegar na fase avançada, pense que falta muito pouco para conseguir o resultado que deseja. Tenha em mente que o sucesso não acontece de uma hora para outra: há tempo de maturação.

Acredite, tais formas de pensamento nos ajudam a encarar o dia “D” e o que acontece depois dele. A ideia é buscar sempre melhorar o processo de aprendizagem e de preparação até ser surpreendido com um excelente resultado. É buscar olhar tudo objetivamente para evitar ficar triste.

O que fazer após a divulgação do gabarito?

Resumo da Ópera: no dia da lista geral, com as colocações, vá estudar outra coisa ou vá descansar. Não fique se consumindo com o concurso que você já prestou. Quando sair o gabarito, você aprende com seus erros e segue em frente. Não coloque em si mais pressão do que você já enfrenta diariamente.

Se você quiser conversar comigo sobre essas e outras questões, siga-me no Instagram @concurseiro.solitario. Será um prazer!

Raquel Monteiro, é advogada pós-graduada em Direito Público pela Universidade Gama Filho, blogueira do Concurseiro Solitário. Já foi oficial da Marinha do Brasil e agora, todas as quintas, posta aqui no Tudo Sobre Concursos as vicissitudes da vida de uma legítima concurseira carioca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here