Como fazer uma boa interpretação de texto em concursos

Como Fazer Uma Boa Interpretação de Texto em Concursos

Finalmente o edital do seu concurso saiu. Você olha o conteúdo programático e se depara com o tópico “interpretação de texto”. Então, além de dominar pontuação, sintaxe, morfologia, você ainda precisa lidar com a interpretação de “textões”.

Indo além, a banca cobra por conteúdos gramaticais “sob o ponto de vista textual”, como a FGV adora fazer. Ou seja, mesmo ao responder uma questão sobre crase, você não tem como fugir desse tipo de análise.

Como a interpretação de textos é um dos pontos mais temidos das provas de concurso, separamos algumas dicas para ajudar você. Veja!

No que consiste a interpretação de texto?

Interpretar um texto significa dar sentido, deduzir de maneira lógica, inferir, chegar a uma conclusão do que se lê nas entrelinhas. A interpretação está muito ligada ao subentendido. Logo, ela trabalha com o que se pode deduzir de um texto.

banner_descomplica_concursos

Uma forma de entender melhor o que se deve buscar na interpretação de texto é fazer análises. Confira as dicas:

Antes da interpretação do texto, leia o enunciado da questão

É muito comum que questões de interpretação sejam acompanhadas por textos longos e enfadonhos. Por isto, é importante que o candidato leia seu enunciado para fazer uma avaliação preliminar procurando o que foi pedido na questão.

Isto é importante especialmente nas provas da FGV já que, muitas vezes, o enunciado cobra um conhecimento onde sequer é necessário ler o texto de apoio. Assim, o candidato economiza tempo e otimiza sua leitura.

Marque as ideias principais na interpretação

Durante a leitura do texto, busque grifar ou escrever a parte mais importante de cada parágrafo. Desta forma, a mensagem principal do texto fica mais clara e você consegue se localizar melhor. Isto é especialmente interessante para textos com múltiplas questões associadas.

Releia, se necessário. Caso identifique que se trata de um texto dissertativo, não deixe de sublinhar o tópico frasal (a frase mais importante) de cada parágrafo, pois é lá que estarão as teses e opiniões do autor.

Busque as relações entre as ideias do texto

Entender as ideias e as relações entre as partes do texto é essencial para sua correta interpretação. Como normalmente os textos das provas de concurso são dissertativo-argumentativos, observe as estratégias de argumentação utilizadas pelo autor: causa-efeito, dados estatísticos, argumento de autoridade, comparação, fato-exemplo, enumeração.

Além disso, analise se entre os parágrafos ou frases há alguma relação de esclarecimento, resumo, explicação, exemplificação, descrição, enumeração, oposição ou conclusão.

A interpretação é sua, mas a ideia é do Autor

Conforme já entendemos, interpretar significa extrair um significado. Ou seja, a ideia está lá, às vezes escondida, e por isso o candidato só precisa entendê-la – e não complementá-la com algum valor individual. Portanto, apegue-se tão somente ao texto, e nunca extrapole a visão dele.

Última dica: seja objetivo, pois as respostas são encontradas no conteúdo! Para isto, procure as pistas deixadas pelo autor.

Gostou das dicas? Deixe comentários com sugestões sobre o que você gostaria de ler no Tudo Sobre Concursos. Inscreva-se também no nosso canal do Youtube para assistir diariamente aulas grátis sobre temas de concursos!

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here