• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

O que são tendências pedagógicas e para que servem?

O debate sobre as tendências pedagógicas está presente em diversos meios, mesmo que muitas vezes não se tenha clareza exata sobre a discussão.

Apesar do conhecimento teórico ficar restrito ao meio acadêmico, as discussões sobre educação impactam toda a sociedade e acabam na boca do povo.

Deste modo, conhecer sobre as tendências pedagógicas é um passo importante para melhorar a forma como as pessoas aprendem. Para isso, a gente preparou este artigo. Boa leitura!

O que são tendências pedagógicas?

Como parte da área da educação, a pedagogia possui algumas correntes filosóficas. Ao mesmo tempo em que se confundem com a mentalidade do período no qual surgiram, elas também tratam de temas atuais.

As tendências pedagógicas representam isso: agrupam em conjuntos os pensamentos, teorias e visões sobre como a educação deve ser. Cada um representando as concepções dentro de um viés relacionado ao contexto de seu surgimento. 

tendências pedagógicas - pessoa escrevendo na lousa com caneta vermelha

Para que servem as tendências pedagógicas?

A forma como se ensina tem relação direta com as tendências pedagógicas. Quer partam do docente, da coordenação pedagógica ou da comunidade, tais correntes norteiam a educação. Visto que, possibilitam a organização da prática em sala de aula.

Não há apenas a filosofia por trás desse processo, há também um aspecto prático. Portanto, mesmo sem uma identificação, cada maneira de ensinar está inserida em uma das tendências pedagógicas.

tendências pedagógicas - professora lendo um livro em sala para crianças

Quais são as principais tendências pedagógicas?

Como visões de mundo, as tendências pedagógicas são variadas. Afinal, assim como a sociedade, elas foram evoluindo. Por exempli, a concepção de como é ser um bom professor mudou ao longo do tempo. Nesse sentido, as tendências são classificadas em liberais e progressistas.  

Tendências Liberais

Ligada ao conceito do liberalismo econômico, afirma que o aluno deve ser preparado para seu papel na sociedade, de acordo com as suas aptidões.

Acima de tudo, vivendo em harmonia com as normas, mas sem abrir mão de sua individualidade. As principais tendências liberais são:

  • tradicional: com o professor como figura central, os conhecimentos ensinados são verdades absolutas e o aluno é um receptor passivo;
  • renovadora progressiva: o aluno está no centro, como um ser ativo que aprende na prática;
  • renovadora não diretiva ou escola nova: a escola é a formadora de atitudes. Seu enfoque é maior na parte psicológica do que na social ou pedagógica;
  • tecnicista: o aluno recebe o conhecimento de maneira passiva, decorando por associações.

Tendências Progressistas 

As tendências progressistas afirmam que a finalidade da educação é sociopolítica. Diante disso, criticam as realidades sociais relacionadas ao capitalismo.

Para tanto estão divididas em três correntes:

  • libertadora: vincula a educação à libertação dos oprimidos;
  • libertária:  parte da ideia de que o aluno só aprende o que vive e que é preciso ensinar o que tem papel prático;
  • crítico-social dos conteúdos ou histórico-crítica: ensina a partir da análise crítica de um contexto social.

Conhecer as tendências pedagógicas e ter clareza do que cada corrente representa, é fundamental para professores e alunos. Desse modo, podem compreender o processo de ensino-aprendizagem completamente. 

Mais do que isso, há o entendimento da importância de cada viés para seu contexto, permitindo o desenvolvimento completo de cada um. Assim como, possibilitando a todos atingir seu potencial.

Aprender é um processo contínuo na vida de todos. Por isso, não deixe o seu desenvolvimento de lado. Conheça os cursos de pós graduação em Educação do Descomplica e avance na sua educação. Bora lá?