• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Psicologia das emergências e dos desastres: o psicólogo em tempos de pandemia

Com o surgimento da pandemia de COVID-19, ficou claro que situações de muito estresse podem causar sérios danos físicos e psicológicos. Por isso, conhecimentos sobre psicologia das emergências e dos desastres estão se tornando cada vez mais necessários.

Confira o conteúdo a seguir pra saber mais sobre o assunto e como se capacitar na área e se preparar pra essa nova demanda do mercado.

psicologia das emergências e desastres – pessoa com olhos fechados meditando, fundo amarelo

Pelo bem da minha saúde mental…

Essa é uma frase que nunca esteve tão presente no discurso do cidadão brasileiro, em geral com sentido de humor, mas vamos pensar além do meme: percebeu que fazer terapia se tornou algo muito comum?

Aliás, notou também que isso ocorreu de forma bem mais rápida desde o início da pandemia?

Se sua resposta é sim, saiba que suas impressões estão corretas, afinal, os números mostram essa tendência.

Claro, contar com ajuda profissional em psicologia é, sim, algo que deve ser normal(urgentemente), porém abre espaço pra um debate que surgiu antes da pandemia.

Ou seja, o que é e como a psicologia das emergências e desastres pode ajudar pacientes que adquiriram traumas durante este momento de enfrentamento à Covid-19.

A psicologia no contexto de pandemia, emergências e desastres

Desastres naturais, cenários pandêmicos, morte de parentes ou de pessoas amadas têm em comum mais do que os danos aparentes ao corpo, pois os impactos mentais são, muitas vezes, profundos e demandam cuidado especial.

Por isso, a atuação do psicólogo frente às emergências e desastres tem sido fundamental pra uma parcela cada vez maior da população.

Pra se ter uma ideia, a página do G1 de São Paulo divulgou dados que apontam um crescimento rápido na procura por atendimento psicológico a nível nacional. 

Só em São Paulo, por exemplo, a Associação Brasileira de Psiquiatria calcula 82% de aumento na busca por psicólogos e consultórios particulares desde o início da pandemia. 

psicologia das emergências e desastres – pessoa em uma consulta com psicólogo

O que é psicologia das emergências e dos desastres?

Diferente de outras áreas que são foco de investigação da Psicologia, a psicologia das emergências e dos desastres só teve maior foco recentemente.

No entanto, a atuação do psicólogo frente às emergências e desastres já é enfoque de pesquisas desde as primeiras guerras mundiais.

As disciplinas do curso de psicologia das emergências e dos desastres, por exemplo, tratam da repercussão interna que fenômenos de estresse causam na mente humana.

Porém, os fenômenos considerados são casos mais abrangentes como enchentes, terremotos e pandemias.

psicologia das emergências e desastres – pessoa de máscara

O que o mercado busca do psicólogo?

Por ser uma área de pesquisa relativamente nova, existem poucos cursos disponíveis no Brasil, mas a demanda do mercado já é grande e urgente.

Porque o cenário atual de pandemia e distanciamento social impactou diretamente a saúde mental de uma maioria esmagadora da população.

A atuação do psicólogo frente às emergências e desastres, portanto, deixou de ser foco de pesquisas acadêmicas e se tornou uma necessidade na atuação prática. Ou seja, conhecer estes conceitos se tornou algo inerente à profissão.

Por isso, mais que nunca é preciso aprofundar seus conhecimentos pra garantir o melhor preparo profissional possível.

Se esse é o seu objetivo, nós podemos te ajudar! Conheça a pós graduação em Psicologia das Emergências e dos Desastres do Descomplica!