• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

O que é Psico-oncologia? Conheça o papel do profissional e salário

Uma vez formados em Psicologia, os estudantes podem atuar em diversas áreas, sendo um exemplo nesse sentido a psico-oncologia.

Trata-se, basicamente, de uma área da psicologia que se dedica a fornecer apoio tanto ao paciente de oncologia quanto aos seus familiares.

Você já pensou em fazer uma pós-graduação em Psico-Oncologia? Na dúvida, continue a leitura deste conteúdo. Aqui, abordamos tudo o que você precisa saber a respeito dessa área.

Como você vai ver, trata-se de um campo que pode transformar sua vida e, ao mesmo tempo, trazer uma boa rentabilidade mensal.

psico-oncologia – criança com câncer sentada na maca e sorrindo

O que é a pós-graduação em Psico-oncologia?

Basicamente, é uma especialização cujo principal objetivo é melhorar o desempenho profissional de um psicólogo em todos os estágios da oncologia.

Com isso, busca-se garantir que ele forneça um bom suporte emocional aos pacientes com câncer. Os familiares e profissionais de saúde também recebem esse suporte.

Em outras palavras, é seu objetivo promover a intersecção entre a psicologia e a oncologia.

A sua finalidade é formar profissionais preparados pra atender às demandas psicológicas e emocionais, as quais são extremamente complexas durante as fases da doença oncológica.

Nesse sentido, vale destacar que uma pós-graduação em Psico-oncologia possibilita ao estudante aprender tanto na teoria como na prática a lidar com tais situações.

Os estudantes costumam ter aulas práticas em clínicas da área pra melhorar a compreensão em torno da Psico-oncologia.

psico-oncologia – uma mão segurando a outra

Qual é o papel do profissional formado em Psico-oncologia?

Alguns dos principais papéis desenvolvidos por um profissional com pós-graduação em Psico-Oncologia gira em torno de prestar:

  • atendimento a pacientes oncológicos — isso é feito desde o momento do diagnóstico, passando pela fase do tratamento e concluindo na recuperação; 
  • apoio emocional e psicológico aos familiares dos pacientes com câncer — afinal, trata-se de uma doença que afeta não apenas o psicológico do paciente, mas de todos; 
  • apoio emocional e psicológico aos profissionais de saúde — que também são afetados quando seus pacientes não têm uma boa recuperação.

Como se vê, os profissionais especializados em Psico-oncologia desempenham um papel muito importante no tratamento e recuperação de pacientes com câncer. 

psico-oncologia – profissionais da saúde atendendo um paciente

Quanto ganha um profissional especializado em Psico-oncologia?

De acordo com o site Salário, um psicólogo hospitalar ganha, em média, um salário de R$ 3.178,95. Isso pra uma jornada de trabalho de 35 horas semanais.

Vale acrescentar que esse levantamento foi feito com base em dados oficiais fornecidos pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo CAGED).

No entanto, esse salário pode saltar pra mais de R$ 6 mil caso a atuação do profissional aconteça na rede pública de saúde.

Ainda nesse contexto, vale ressaltar que o salário destacado não considera uma especialização em Psico-oncologia. Assim, o profissional pode ganhar mais.

Afinal, segundo uma pesquisa desenvolvida pela Fundação Getúlio Vargas, profissionais com pós-graduação ganham cerca de 66% a mais que seus colegas sem especialização.

Então, agora que você conhece melhor a especialização em Psico-Oncologia, que tal se organizar pra iniciar esse curso?

Dessa forma, é possível alavancar sua carreira e, claro, fazer aquilo que se ama: ajudar pessoas a superarem problemas psicológicos.

Aproveite o momento pra acessar a página da Pós-graduação Online Descomplica e conferir os cursos relacionados disponíveis. Você vai amar!