• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

O que é Neuromarketing? Saiba como funciona na prática!

Quem trabalha ou tem o desejo de atuar na área de gestão de vendas e relacionamento deve se preocupar com o impacto emocional daquilo que vende. Por isso, é muito importante entender o que é neuromarketing.

Esse campo de estudo une o Marketing e a Neurociência pra prever o comportamento do consumidor. Ele ajuda a entender o que, de fato, move as decisões de cada consumidor, influenciando escolhas.

Por isso, continue a leitura e descubra o que é Neuromarketing na prática!

O que é Neuromarketing? Entendendo a prática

O Neuromarketing é o campo de estudo que busca responder perguntas como:

  • Por que o consumidor tem preferência por uma marca?
  • O que faz com que ele compre ou deixe de comprar um produto?
  • Qual o valor que alguém está disposto a pagar por determinado serviço?

O que, em primeiro momento, parece ser subjetivo, não é! As respostas pras perguntas acima vêm da aplicação de tecnologias de Neurociência com foco em Marketing.

Por meio de tomografias, por exemplo, é possível identificar as reações no cérebro humano a partir de qualquer estímulo. Além disso, as ressonâncias magnéticas medem a dilatação da pupila, a tensão muscular e até a temperatura da pele.

Essas e outras informações estimam como um anúncio ou produto impacta alguém. A partir disso, consegue-se estimar o tempo de resposta, a frequência e a atividade neuronal — informações importantíssimas pra otimizar estratégias de comunicação.

Como o Neuromarketing beneficia os negócios?

A partir do instante em que você entende o conceito de Neuromarketing e consegue pôr em prática, tem a capacidade de potencializar os resultados de qualquer negócio. Isso ocorre porque entende, de fato, o que influencia o consumidor.

A partir desse entendimento, torna-se possível realizar ações que exploram os aspectos revelados. Além disso, você tem em mãos as informações que permitem melhorar produtos ou serviços. Entretanto, pode criar outros mais direcionados!

Outro impacto que o conhecimento sobre Neuromarketing traz é a criação de campanhas publicitárias mais efetivas, porque consideram o que motiva o consumidor. A gente sempre pode ir além!

Descobrir quais aspectos de um produto ou serviço geram reações positivas são imprescindíveis pra aprimorar a experiência do consumidor. Além disso, você pode criar uma atmosfera mais atraente em espaços físicos, como lojas e quiosques.

Quais as principais aplicações do Neuromarketing?

A psicologia das cores é uma delas. Grandes empresas, como McDonald’s, Facebook e Coca-Cola entendem quais cores causam o impacto desejado pelo público. O amarelo, por exemplo, desperta o apetite e pode ser visto a distância!

Outra aplicação é o Storytelling. Que nada mais é do que narrativas que ativam o lado emocional do espectador, mas que nem sempre envolvem o produto. A partir disso, há identificação com a história e completo entendimento do conteúdo.

Já os gatilhos mentais transmitem informações, objetivas ou subjetivas, que despertam nele a necessidade de consumo. Frases como “compre já” ou “disponível por tempo limitado” têm essa finalidade.

Outras aplicações do Neuromarketing são: posicionamento dos elementos de uma imagem, aplicação e ancoragem de preços, oferta de valor antes de um pedido, repetições de forma estratégica, design e poucas opções de escolha.

O Neuromarketing é uma das disciplinas do MBA online em Vendas e Relacionamentos da Faculdade Descomplica! Que tal sair na frente sendo especialista em tornar essencial qualquer produto ou serviço?