• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Montar plano de negócio: conheça os aspectos mais importantes para criar o seu!

Montar plano de negócio envolve muito mais do que criar um documento. Afinal, trata-se de um guia que serve como base pra que você possa delinear e conquistar seus objetivos

Além disso, também é uma ferramenta de gestão que ajuda o empreendedor a analisar resultados, tomar decisões estratégicas e apresentar aos interessados como o negócio funciona.

Resumindo, se seu projeto envolve abrir um negócio ou apresentá-lo a investidores, trabalhar em um plano de negócio sólido poderá aumentar as suas chances de sucesso com menos erros no caminho.

Nas próximas seções desta matéria, você vai conhecer alguns dos aspectos mais importantes pra desenvolver o seu plano. Continue a leitura e saiba como começar da maneira correta!

Componentes fundamentais para montar plano de negócio

Todo plano de negócios deve contar com algumas partes ou tópicos essenciais. Eles abrangem uma série de aspectos fundamentais pra que você e demais interessados tenham uma visão ampla e detalhada de tudo. Acompanhe uma visão geral sobre os principais a seguir!

1. Sumário Executivo

O sumário executivo serve como uma visão ampla do negócio e dos planos. Ele vem logo no início. Nesse espaço, você deverá fornecer uma sinopse de todo o seu plano de negócios. Alguns dos principais elementos que devem ser incluídos são:

  • conceito de negócios;
  • recursos financeiros;
  • requisitos financeiros;
  • posição atual dos negócios;
  • principais realizações.

Apesar de estar nas primeiras páginas, muitos gestores preferem fazer o sumário executivo depois de concluir as outras etapas do plano.

2. Descrição e estrutura da empresa

Essa é a parte destinada pra falar sobre os motivos que levam a empresa a estar no mercado e o que ela oferece ao consumidor.

Por exemplo, se você trabalha com serviços, pode descrevê-los e apresentar a proposta de valor. Se for um produto, é possível falar sobre disponibilidade de materiais, etapas de manufatura, gerenciamento de estoque e outros detalhes operacionais.

3. Análise de mercado

Esse tópico serve pra demonstrar que existe um conhecimento dos fundamentos que envolvem o setor. Sendo assim, é válido destacar os pontos fortes apontados na descrição da empresa.

Pra isso, use dados e estatísticas que ofereçam uma perspectiva melhor sobre as tendências e os temas da área. Também é possível mostrar como outras empresas do segmento estão obtendo sucesso ou como estão falhando.

Acima de tudo, lembre-se dos números, pois são eles que ajudarão a esclarecer os motivos que confirmam que a empresa tem capacidade de fazer mais e melhor.

4. Plano de marketing e vendas

No processo pra montar plano de negócio é importante abrir espaço pra detalhar como você pretende chegar aos segmentos-alvo do mercado, como planeja vender pra eles, os preços, tipos de atividades e até parcerias.

Aliás, antes mesmo de começar a trabalhar em um plano de negócios, é importante que esses aspectos já tenham sido pensados. Afinal, se o empreendedor não sabe pra quem está vendendo, qualquer projeto de marketing não terá muito valor.

5. Gestão e organização

Também é necessário apresentar informações esclarecendo como o negócio está configurado. Por exemplo, os gerentes e principais lideranças, suas responsabilidades e habilidades.

Além disso, é importante lembrar de deixar claro a forma de funcionamento do empreendimento. Por exemplo, é uma empresa unipessoal? Um regime de parceria? Caso exista um conselho de diretores, os membros integrantes devem ser identificados.

Uma dica: um diagrama mapeando a cadeia de comando é uma forma bem prática de desenvolver esse tópico.

6. Plano financeiro

Sem dúvidas, montar um plano de negócio sem falar das finanças pode ser um trabalho perdido.

Nessa seção de seu plano, você apresentará os números que confirmem o que foi dito nos tópicos de marketing e de gestão e organização. Além disso, deve-se trabalhar com projeções conservadoras do fluxo de caixa, balanço patrimonial e demonstrativos de lucros e perdas.

É recomendado que essas projeções envolvam os próximos três anos do negócio. Por fim, tenha em mente que são projeções prospectivas, e não os resultados da contabilidade atual.

7. Apêndice

O apêndice não é uma seção obrigatória pra montar plano de negócio. Entretanto, pode ser muito funcional, pois é uma área muito útil pra colocar quaisquer notas legais, definições, tabelas e gráficos. Por exemplo, ilustrações de produtos e patentes.

Você também poderá usar essa parte pra apresentar algumas informações adicionais, críticas ou anúncios longos que, se colocados em outra parte do plano, ficariam “soltos”.

Observação: De acordo com as necessidades da empresa, é possível adicionar outros tópicos, por exemplo: estratégias, plano de promoções, posicionamento da empresa, análise de competitividade, entre outros.

Importância de montar plano de negócio

Logo no início, a gente apontou que um plano de negócio é muito mais que um documento. Pra entender sua relevância, considere-o como a base de seu projeto. Não uma previsão sobre o que o futuro reserva, mas uma forma de mostrar que está trabalhando fundamentado em estratégias que o ajudarão a crescer.

Aliás, não se espera que esse documento inicial seja perfeito. Na realidade, fazer revisões e promover ajustes de tempos em tempos é o mais recomendado. Dessa forma, o plano continuará como uma ferramenta útil pra ajudar você a identificar oportunidades, permitindo que objetivos sejam alcançados.

Se o empreendedor não conta com um plano de negócios como linha base pra seus projetos, ele terá uma dificuldade muito maior pra avaliar e rastrear seu progresso. Também será mais difícil saber quando ou onde os ajustes devem ser feitos. Por fim, não poderá contar com um histórico pra tomar como referência no momento de decidir algo importante.

Portanto, montar plano de negócios é garantir que haja um roteiro que não somente delineie algo e aponte pra onde você deseja estar, mas também mostre onde já esteve, evitando que possíveis erros sejam cometidos!

Agora que você já entendeu os principais fundamentos pra montar plano de negócios, que tal começar outro passo importante pra quem deseja entender mais do mundo do empreendedorismo?

Na Faculdade Descomplica você encontra a formação de MBA em Empreendedorismo e Negócios Digitais. Faça a sua inscrição agora mesmo e descubra como ingressar nesse mercado colocando em prática seus projetos utilizando as melhores ferramentas!