• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Conheça as Principais Ferramentas de Gestão da Qualidade

As ferramentas de gestão da qualidade garantem a melhoria nos resultados do ambiente de trabalho e do serviço prestado, tornando sua aplicação indispensável pro crescimento de uma empresa.

Contudo, é bastante provável que você ainda não conheça as melhores ferramentas de gestão da qualidade, ou o que exatamente elas são. Então, se liga na explicação! 

Ferramentas de gestão da qualidade são basicamente os recursos utilizados pra identificar falhas e problemas na metodologia de produção, de modo a gerar melhorias e soluções pros dilemas detectados.

Quais são as principais ferramentas de gestão da qualidade? 

Existem sete principais ferramentas de gestão da qualidade, são elas: 

  1. Diagrama de Pareto 
  2. Diagrama de Ishikawa 
  3. Diagrama de Dispersão 
  4. Histograma 
  5. Carta de Controle 
  6. Folha de verificação 
  7. Fluxograma de Processos 

Vem com a gente conhecer cada uma dessas metodologias de gestão mais a fundo!

1. Diagrama de Pareto

O Diagrama de Pareto, eventualmente chamado de Gráfico de Pareto, é a ferramenta de gestão da qualidade com a finalidade de apontar a frequência em que falhas ocorrem numa linha de produção. Permitindo, assim, a elaboração de soluções pra tais contratempos. 

O Diagrama de Pareto nada mais é que uma representação Gráfica do Princípio de Pareto criado por Vilfredo Pareto, que se baseia na regra dos 80/20, em que 80% dos problemas se originam em 20% das causas

Veja, a seguir, o passo a passo pra montar um gráfico de Pareto: 

  • primeiramente, estabeleça qual é a complicação que se deseja apurar;
  • posteriormente, defina a ordem de prioridade das causas dessa complicação;
  • faça as contas e organize qual é a ordem de frequência de tais causas;
  • defina como esse pepino pode ser solucionado; 
  • e, por fim, construa um gráfico.

2. Diagrama de Ishikawa

Essa ferramenta tem como função encontrar qual é a principal causa de um problema nos processos organizacionais de uma empresa.

O visual do Diagrama de Ishikawa tem uma forma que lembra a espinha de um peixe. Assim sendo, ele acabou se popularizando como Diagrama Espinha de Peixe. A propósito, ele também recebeu outros nomes, como: 

  • Diagrama Causa e Efeito
  • PDCA espinha de peixe
  • Árvore de causas espinha de peixe
  • Diagrama dos 6Ms

Tal ferramenta de gestão da qualidade foi desenvolvida em 1943 pelo engenheiro químico Kaoru Ishikawa, que tinha o objetivo de criar uma ferramenta acessível e fácil de ser aprendida e aplicada

3. Diagrama de Dispersão

O Diagrama de Dispersão é utilizado pra analisar uma hipótese de causa e efeito, fazer um balanço aprofundado e posteriormente comprovar se a hipótese é concreta.

Dentro de uma empresa, ele pode ser usado na avaliação de ações que geram tanto resultados positivos, quanto resultados negativos. Podendo realizar uma análise mais acertada. Como, por exemplo, encontrar o fator que gerou o aumento ou a perda de vendas em um negócio.

Essa ferramenta de gestão da qualidade é representada por um gráfico de eixos verticais e horizontais que se correlacionam.

4. Histograma

Muito semelhante a um gráfico de barras em seu visual, a função de um Histograma é bem diferente. Ele tem como objetivo analisar estatísticas qualitativas e quantitativas de acordo com sua frequência. Assim, facilita a visualização de dados que possam ser variáveis, como, por exemplo:

  • volume de mercadorias;
  • tempo de produção;
  • métricas de marketing etc.

Além disso, existem seis tipos diferentes de Histograma. São eles:

  1. Simétrico
  2. Assimétrico
  3. Despenhadeiro
  4. Dois picos
  5. Achatado
  6. Ilha isolada.

5. Carta de Controle

A Carta de Controle é, com certeza, uma das ferramentas de gestão da qualidade mais utilizadas. E não é à toa, pois seu objetivo é captar o maior número de informações importantes pra melhorar o processo de produção.

Com a utilização da Carta de Controle, é possível identificar alterações indesejadas dentro do andamento de uma corporação. Permitindo, assim, a identificação e a eliminação de falhas que prejudiquem o bom funcionamento do ambiente de trabalho.

6. Folha de Verificação

A Folha de Verificação é, provavelmente, a ferramenta de gestão da qualidade mais simples de ser inserida e mais fácil de ser entendida e interpretada.

Ela é usada, em resumo, pra fazer a coleta de informações e dados de um processo de produção e organizá-los sem nenhuma dificuldade.

Sua aparência gráfica é uma tabela, onde se pode inserir o tipo de dados que precisam ser coletados e os espaços pra serem preenchidos com as informações colhidas.

7. Fluxograma de Processos

O Fluxograma de Processos serve, basicamente, pra representar de maneira visual e de fácil entendimento todo o processo de produção de uma empresa.

Esse fluxograma pode ser personalizado de acordo com os padrões de design da corporação, contanto que seja de fácil interpretação e possa ser entendido em qualquer parte do mundo

Normalmente, costumam ser representados por formas geométricas ou formas básicas que identificam pontos como: 

  • início e fim do processo de produção;
  • o processo em si;
  • pontos de decisão em que o processo pode seguir caminhos diferentes;
  • o fluxo, que basicamente é a ordem a ser seguida;
  • processo pré-definido, no caso da corporação contar com mais de um Fluxograma que interfira diretamente nesse Fluxograma em questão;
  • e operação manual, quando a parte do processo necessita de um ser humano pra ser executada.

Dentro de uma empresa ou fábrica, essa ferramenta de gestão da qualidade é posta em um ambiente onde possa ser vista por todos aqueles que fazem parte da corporação. Normalmente, é exposta em corredores ou pendurada em paredes.

Em resumo, implantar técnicas que agilizem a produtividade e assegurem a qualidade nos meios de produção é um fator primordial na gestão de uma organização, principalmente quando se trata de uma sequência de várias etapas ou presença de muitos colaboradores.

Em virtude disso, é importante aprender mais sobre as ferramentas de gestão da qualidade e empregá-las no dia a dia do seu trabalho.

Quer mandar bem nas ferramentas de gestão da qualidade? 

Nada melhor do que estudar pra se aperfeiçoar sobre um assunto, não é mesmo? Com as ferramentas de gestão da qualidade não é diferente.

Pensando nisso, a gente preparou um MBA em Gestão da Qualidade totalmente online e com um preço que cabe no seu bolso.

É isso mesmo! Esse é o seu momento de cursar uma pós-graduação numa faculdade que é nota máxima no MEC e tem mais de dez anos de experiência com o ensino a distância.

Conheça já o MBA em Gestão da Qualidade da Faculdade Descomplica!