• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Essas 3 empresas apostaram em Design Thinking e viraram casos de sucesso!

Com certeza, você já deve ter ouvido falar de alguma técnica supereficaz pra transformar a performance de pessoas e empresas, né? Pois os exemplos de design thinking que você vai conhecer neste artigo provam que algumas estratégias merecem ser estudadas a fundo.

Mas não vai achando que design thinking é um simples método que você vai lá, aplica e pronto. Existe todo um conceito por trás da coisa que explica porque design thinking não é exatamente um método. Ou seja, vale a pena compreender tudo nos mínimos detalhes.

Aqui, você vai entender um pouquinho sobre essa abordagem, além de conhecer 3 exemplos de como isso funciona de verdade. Preparade? Então, bora descobrir como a criatividade foi fundamental pro sucesso dessas 3 empresas!

O que é Design Thinking?

Após surgir em um livro, ser trabalhado por um cara popular do mundo corporativo e entrar no contexto de teorias mais sociológicas, o termo design thinking ganhou o mundo e tem gerado a maior comoção entre os empreendedores.

No Brasil, apesar de ainda estar engatinhando, a ideia já tem sua influência positiva. Mas, afinal, o que é design thinking? Em poucas palavras: trata-se de uma abordagem criativa pra resolução de problemas com foco no usuário final.

Ou seja, todo o problema é pensado pela perspectiva de quem vai usar ou consumir a solução. Dessa forma, o desenvolvimento das ideias até a construção de algo real passa por 5 etapas:

  • imersão;
  • análise;
  • ideação;
  • prototipação;
  • implementação.

Quais são os 3 exemplos de Design Thinking?

Agora deve estar claro que tudo se trata de um jeito de enxergar problemas. Mas será que isso funciona mesmo? Pra provar a eficácia dessa abordagem, a gente separou 3 grandes exemplos de design thinking que viraram o jogo das empresas. Confere aí!

1. GE Healthcare

Um dos casos mais famosos do sucesso de aplicação da abordagem de design thinking é o da GE Healthcare. Após descobrir que uma máquina de ressonância magnética era simplesmente o terror das crianças, a empresa precisou buscar soluções.

Pra isso, o designer Doug Dietz se colocou no lugar dos pequenos até entender por que eles tinham tanto medo da máquina.

Finalmente, depois de uma série de conclusões, ele decidiu transformar o ambiente de exames em um espaço completamente diferente e mais alegre. 

Com cores, figuras e toda uma narrativa infantil, ele conseguiu mudar a impressão da garotada e os exames deixaram de ser um pesadelo. Será que a estratégia deu certo? Ô, e como!

2. Netflix

Quem não conhece a Netflix? A própria popularidade da empresa é uma prova de que suas estratégias pensadas pro consumidor final são um verdadeiro sucesso. Mas como será que ela faz isso?

A grande sacada da Netflix pode ser resumida na capacidade que a empresa tem de coletar dados dos seus assinantes. Dessa forma, graças aos seus algoritmos e sua inteligência artificial, a Netflix é capaz de produzir apenas o que há de melhor aos seus usuários.

Por isso, não se esqueça: da próxima vez que você se apaixonar perdidamente por uma série, agradeça ao time da empresa por usar design thinking na produção de seus conteúdos.

3. Nubank

A Nubank não se tornou um unicórnio brasileiro à toa (startup avaliada em mais de 1 bilhão de dólares). Há quem diga que a roxinha seja a nova Apple. E por quê?

Simplesmente porque, como a empresa de Steve Jobs, a Nubank revolucionou um paradigma por meio de uma solução inovadora. E não tenha dúvidas: o design thinking foi fundamental pra dar suporte a essa solução.

Depois de experiências desagradáveis com um sistema bancário burocratizado, os fundadores tinham toda a experiência do usuário final a quem queriam propor uma solução.

Assim, com pesquisa e muito estudo, a empresa surgiu com seu visual único e um cartãozinho incrível que prometia transformar completamente a experiência das pessoas com dinheiro. Bem, hoje você sabe o que é a Nubank, né?

Esses foram os 3 exemplos de design thinking aplicado em empresas e que deram muito, muito certo. Curtiu? Agora, não se esqueça de que, apesar de simples, é vital entender como essa abordagem funciona nos mínimos detalhes.

Que tal explorar ao máximo esse conceito e se tornar um verdadeire especialista no assunto? Então, conheça o MBA online em Design Thinking e Gestão de Negócios da Faculdade Descomplica e aprenda como aplicar esse conceito a qualquer área!