• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Enfermagem do Trabalho: como se tornar um bom profissional dessa área?

Quem opta pela área da saúde se depara com um mercado amplo e cheio de oportunidades. Uma excelente forma de conquistar uma boa colocação no mercado de trabalho é se especializar em uma área. E com os enfermeiros isso não é diferente. No entanto, ainda há muitas dúvidas sobre o que faz quem trabalha com Enfermagem do Trabalho.

Como está o mercado pra essa área? O que fazer pra se tornar um bom profissional desse campo de atuação? Pensando nisso, a gente preparou este post. Acompanhe até o final porque você vai saber como é o dia a dia dessa profissão, onde é possível atuar, quais cursos é preciso fazer e outras informações valiosas pra trilhar esse caminho com sucesso!

Afinal, o que é Enfermagem do Trabalho?

Essa área nada mais é que uma especialidade da Enfermagem, cuja atuação é voltada à saúde dos trabalhadores. Desse modo, em vez de trabalhar em clínicas e hospitais atendendo pacientes, você vai atuar em empresas ou instituições que estejam preocupadas com a saúde dos seus trabalhadores.

Apesar de ter surgido há cerca de 100 anos, somente há pouco vem se desenvolvendo e conquistando destaque. Antes, o enfermeiro realizava apenas o atendimento emergencial em um local de trabalho específico. Com o passar do tempo, as empresas passaram a olhar com mais atenção pra promoção da saúde dos seus colaboradores.

Com isso, surgiu a necessidade de um profissional especializado. Um ponto que contribuiu muito pra que isso acontecesse foi a criação da Norma Regulamentadora 4 (NR 4), que trata dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho.

Conforme o porte da empresa e o grau de risco das atividades, a lei estabelece que é necessário ter um enfermeiro do trabalho no local. Ainda, há as instituições que, mesmo que a lei não obrigue, optam por oferecer melhores condições aos seus trabalhadores.

Afinal, o profissional de saúde tem papel de extrema importância no ambiente corporativo. Como resultado, os colaboradores têm mais qualidade de vida e um bem-estar maior. E esse é um fator que impacta diretamente no aumento da produtividade e na redução de faltas por doenças.

Onde é possível trabalhar?

Quando a gente fala sobre Enfermagem do Trabalho, é comum que as pessoas pensem apenas em escritórios. Porém, o profissional pode atuar em uma série de locais, como:

  • comércio;
  • fábricas;
  • indústrias;
  • escolas e outras instituições de ensino;
  • postos de saúde;
  • sindicatos;
  • hospitais.

Ou seja, o enfermeiro do trabalho pode atuar em qualquer lugar onde haja trabalhadores. No caso de hospitais, clínicas e postos de saúde, é importante ressaltar que ele cuidará da saúde dos colaboradores desses ambientes, não dos pacientes.

Ainda, há a possibilidade de empreender em um negócio próprio e trabalhar como autônomo. Isto é, você poderá atuar como um consultor especializado e, assim, prestar serviços a diversas empresas.

Enfermagem do Trabalho: o que faz um profissional dessa área?

Bom, agora que você já entendeu o que é essa área, é a hora de saber quais são as funções. Todas as suas atividades estarão relacionadas à saúde do trabalhador, desde o planejamento de ações até o cuidado em si. Por exemplo:

  • analisar as causas de faltas e afastamentos dos funcionários;
  • propor mudanças pra diminuir os riscos das atividades e os índices de doenças laborais no ambiente de trabalho;
  • prestar os primeiros socorros aos colaboradores;
  • implementar projetos de incentivo a hábitos saudáveis;
  • prescrever ações e cuidados com a saúde;
  • instruir sobre o uso de Equipamentos de Proteção Individual — EPI;
  • reabilitar pro trabalho;
  • encaminhar o funcionário pro tratamento adequado;
  • promover campanhas de saúde e prevenção;
  • avaliar e acompanhar quadros de enfermidades;
  • verificar as condições de higiene e periculosidade;
  • administrar medicamentos;
  • coletar material pra exames laboratoriais;
  • fazer curativos e imobilizações;
  • administrar o ambulatório e todo o setor de enfermagem;
  • supervisionar técnicos e auxiliares de sua equipe;
  • treinar os membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes — CIPA — sobre a prevenção de doenças.

Em instituições de grande porte, é comum que o enfermeiro do trabalho faça parte de uma equipe multidisciplinar chamada Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT). Em geral, essa equipe conta com médico do trabalho, auxiliar de Enfermagem do Trabalho, engenheiro de Segurança do Trabalho e supervisor de Segurança do Trabalho.

Quem pode ser um enfermeiro do trabalho?

Pra trabalhar nessa área, primeiramente, é preciso ter a graduação em Enfermagem (bacharelado ou licenciatura) e ser membro inscrito no Conselho Regional de Enfermagem (Coren). O passo seguinte é fazer uma pós-graduação em Enfermagem do Trabalho.

Assim, surge outra dúvida bastante comum: o técnico em Enfermagem pode ser um enfermeiro do trabalho? A resposta é: não, pois são profissionais distintos. Inclusive, a formação que receberam é diferente. Entretanto, pode auxiliar o enfermeiro do trabalho, sempre atuando na função de técnico. O mesmo ocorre com quem realizou algum curso de auxiliar de enfermagem.

Embora todos trabalhem na área, somente quem tem curso superior em Enfermagem e especialização em Enfermagem do Trabalho é que pode trabalhar na função. As matérias da pós-graduação são bastante específicas e incluem:

  • doenças ocupacionais e toxicologia;
  • fisiologia do trabalho;
  • ergonomia;
  • classificação e controle de riscos no meio de trabalho;
  • epidemiologia;
  • biossegurança;
  • saúde mental do trabalhador;
  • legislação em saúde do trabalhador;
  • vigilância em saúde do trabalhador, entre outras.

Se você já tem a graduação, mas pensa que não tem tempo ou dinheiro pra fazer uma especialização, a gente tem uma ótima notícia. Atualmente, há pós-graduações a distância e com valores bem acessíveis. Isso permite que você encaixe suas aulas de acordo com sua rotina pra se especializar e se tornar um profissional do setor.

Além de ter essa informação, é importante que o profissional se dedique bastante pra alavancar sua carreira. Nesse sentido, desenvolver algumas habilidades será um grande diferencial. As principais são:

  • comprometimento;
  • facilidade pra trabalhar em equipe;
  • liderança;
  • proatividade;
  • boa comunicação, entre outras.

Como está o mercado de trabalho?

Conforme a gente mencionou, a Enfermagem do Trabalho é uma área que vem conquistando bastante destaque. Sendo assim, é considerada muito promissora. Também foi dito que a empresa que conta com esse profissional tem diversos benefícios, como aumento da produtividade e diminuição de abstenções.

Além disso, toda organização que preza pela manutenção e promoção da saúde do trabalhador ganha vantagem competitiva. Isso faz com que cada vez mais as empresas procurem por profissionais de Enfermagem do Trabalho, mesmo as que não são obrigadas por lei.

Como consequência, há muitas vagas no setor e a tendência é que as oportunidades aumentem.

Agora que a gente já esclareceu as principais dúvidas sobre Enfermagem do Trabalho (o que faz, como ser um profissional e situação do setor), você pôde perceber que se trata de um profissional de extrema importância no cenário atual. Então, não deixe de aproveitar as oportunidades do mercado.

Não perca mais tempo e venha estudar com a gente. Faça já sua matrícula na Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho e conquiste seu espaço!