• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Enade: tudo o que você precisa saber sobre a prova

A vida do estudante é repleta de provas, mas uma delas serve como avaliação do próprio ensino superior. Ou seja, não dá pra negar a importância do Enade.

Quem faz faculdade ou curso técnico no Brasil certamente já ouviu falar no Enade.

As instituições de ensino selecionam os alunos pra participarem desse exame que funciona de um jeito parecido com o Enem. No entanto, não serve pra fins de vestibular.

Então, qual é o propósito do Enade? Até quem já fez a prova alguma vez pode ter dúvidas sobre o que ela representa. Vale a pena se familiarizar com ela pra ter bons resultados e, assim, ajudá-la a cumprir seu papel.

A seguir, você vai aprender tudo a respeito do Enade: o que é essa prova, como ela funciona e como se dar bem nela. Boa leitura!

enade – pessoa na biblioteca olhando para o notebook

O que é o Enade e para que ele serve?

A sigla Enade significa Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Ou seja, é uma prova criada pelo Ministério da Educação com o objetivo de ser um processo de avaliação das instituições de educação superior a nível nacional.

O Enade foi criado originalmente em 2004, com a formação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Ele é previsto pela Lei nº 10.861, que reforça o seu papel como um recurso focado no desenvolvimento das instituições de ensino.

Dessa forma, o Enade serve como termômetro pra qualidade das faculdades brasileiras. Então, o quanto melhor é o desempenho de determinados alunos na prova, fica atestada a eficácia da atuação das instituições onde estudam.

De resto, o Enade é uma avaliação como qualquer outra. Ou seja, tem diversas seções das várias áreas do conhecimento e competências fundamentais pra formação dos estudantes.

Por fim, a aplicação do Enade é obrigatória pra todos os cursos brasileiros.

enade – cinco estudantes estudando sentados no chão

Quais estudantes podem fazer o Enade?

O Enade é uma prova aplicada anualmente pra todos os estudantes do ensino superior brasileiro. No entanto, desde 2019, apenas aqueles que estão no último ano de seus respectivos cursos fazem a avaliação.

No entanto, não é todo curso que realiza o Enade todos os anos. Em vez disso, eles recebem análise pelo MEC de três em três anos.

Então, os estudantes precisam ficar atentos ao calendário oficial que o Inep costuma divulgar.

A seleção de cursos convocados pra realizar o Enade envolve tanto os de bacharelado como de tecnólogo. Além disso, as instituições de ensino se encarregam de selecionar os alunos que farão a prova.

As regras do Enade estipulam que os estudantes participantes precisam ter completado pelo menos 80% da carga horária do curso.

Além disso, os convocados pra fazer a prova precisam fazê-la obrigatoriamente, ou não conseguem obter o certificado de conclusão do curso.

enade – cinco estudantes em sala de aula

Como é a prova do Enade?

Como o objetivo do Enade é avaliar a qualidade do curso superior do aluno, o conteúdo da prova muda dependendo da área dele. Então, podem existir grandes diferenças nas perguntas e respostas observadas na avaliação.

Aliás, esse conteúdo sempre se baseia nas diretrizes curriculares nacionais (DCNs), então ele deve fazer parte do currículo que o aluno está aprendendo.

A estrutura geral da prova do Enade é a seguinte:

  • Formação geral: 10 questões que avaliam diversos aspectos da formação do aluno, como coerência, coesão, habilidades argumentativas, uso do vocabulário, entre outros. Das perguntas, 8 são em formato de múltipla escolha enquanto 2 são discursivas.
  • Componentes específicos: 30 questões da área de estudo do aluno, trazendo estudos de caso e situações-problema. Dessas, 27 são de múltipla escolha e 3 são discursivas.
  • Questionário de avaliação sobre a prova.

Entre os componentes da prova, há uma diferença importante de peso. As questões de formação geral têm 25% da nota, enquanto as de componentes específicos totalizam 75%.

A duração do exame costuma ser de até quatro horas, geralmente ocorrendo no mês de novembro.

Por fim, assim como acontece no Enem, as respostas são sempre avaliadas tendo relação com a área dos Direitos Humanos e a Legislação Brasileira.

enade – três estudantes olhando para a tela do computador

Como se dar bem no Enade?

Agora que você já sabe o que é o Enade e como ele funciona, resta entender como se preparar pra essa prova.

Afinal, ela serve como um importante instrumento de avaliação não apenas do seu curso como também da Educação do país como um todo.

A seguir, estão as melhores dicas pra você se preparar pra ter bons resultados no Enade.

Veja as provas anteriores

Uma ótima forma de se preparar pro tipo de questão de uma prova é conferindo as edições passadas.

Felizmente, a gente consegue encontrar todas as avaliações anteriores do Enade no site do Inep completas com gabaritos.

Então, aproveite pra usar essas provas em suas sessões de estudos. Além de treinar os seus conhecimentos, preste atenção nos tipos de pergunta que aparecem e o que exigem dos estudantes.

Fique por dentro das atualidades

As notícias do dia a dia costumam dar origem a várias perguntas nas provas do Enade.

Então, você precisa se atualizar em relação aos eventos do Brasil e do mundo pra que tenha o contexto adequado pra responder a essas questões.

Esse conhecimento também é importante pra que você apresente argumentos válidos nas perguntas dissertativas.

Ou seja, não só você precisa saber o que está acontecendo, como também tem que conseguir apresentar soluções.

Considere a temática do seu curso

Como o Enade tem boa parte do seu peso dedicado ao tema do seu curso, é fundamental que você considere esse aspecto no seu preparo.

É claro que só de frequentar as aulas você já tem um contato importante com esse conteúdo, mas é preciso ir além.

Procure saber mais a respeito das inovações e tendências da sua área. Além disso, o Enade costuma propor alguns debates e dilemas, além de convidar o aluno a planejar ações específicas.

Então, é muito importante se preparar pra essas possibilidades.

O Enade tem um papel fundamental no aprimoramento constante do ensino superior brasileiro. Então, os alunos que querem ver suas instituições de ensino valorizadas precisam se dedicar pra ir bem nessa avaliação.

Como muito do conteúdo se baseia no material do curso, ele também serve pra avaliar a identificação do estudante com o que aprendeu até o momento. Boa sorte na prova!

Agora que você já sabe tudo sobre o Enade e a importância da avaliação dos cursos superiores, aproveite pra conhecer uma excelente opção pra se qualificar. Acesse a Faculdade Descomplica e conheça os cursos disponíveis!