• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Conheça 15 dicas de como escolher o curso certo para o seu futuro!

Como escolher o curso certo? Qual curso combina comigo? Essas são algumas das perguntas mais comuns antes de tomar uma decisão profissional.

Pode ser complicado saber qual graduação escolher diante de tantas opções no mercado de trabalho atual. A gente entende!

A verdade é que não dá pra fazer uma receita simples de como escolher o curso certo pra você.

Porém, a gente separou nesse artigo 15 recomendações que podem direcionar o seu olhar pras profissões e pro mercado de trabalho. Vem com a gente!

como escolher o curso certo – sombra de um formando no chão de concreto

Escolhendo o curso certo para você

Conhecer bem as suas habilidades e as oportunidades disponíveis são coisas que podem ajudar a avançar no sentido do seu sucesso profissional.

Também é necessário compreender as possibilidades de atuação da área que você mais se identifica, bem como entender o dia a dia da profissão.

É fundamental, ainda, entender como você pode fazer pesquisas online sobre o assunto, e, portanto, aprender a melhor maneira de tirar dúvidas com os profissionais que também atuam no seu campo de interesse.

Então, se prepare pra aprender mais detalhes sobre essas e outras dicas de como escolher o curso certo. Bora lá?!

1. Aprimore o seu autoconhecimento 

Antes de tudo, pra entender como escolher o curso certo é fundamental conhecer mais sobre você mesmo.

Como esse é o assunto, é bacana que comece se perguntando quais as suas matérias preferidas desde a época do Ensino Fundamental e do Médio.

É legal, ainda, que se questione sobre quais assuntos você se interessa em passar horas estudando.

Identifique também os conteúdos que têm mais facilidade em aprender e aqueles nos quais alcança resultados mais positivos.

Logo, você pode gostar mais de estudar Biologia do que de fazer cálculos de Matemática, por exemplo.

Ou ainda pode se interessar mais pela leitura de textos quando exercitar Língua Portuguesa do que se dedicar a entender os assuntos de Física.

Dessa forma, quem curte mais Biologia pode ter mais sintonia com os cursos das áreas da saúde. Assim também, se você adora as aulas exatas, pode ter afinidade com as carreiras de engenharias.

De maneira parecida, você pode se questionar em quais funções é possível colocar as suas aptidões em prática. Isso é muito importante, viu?!

Por fim, não deixe de analisar em qual tipo de emprego ou de ocupação você gostaria de aplicar os conhecimentos que pretende adquirir ao fazer um curso.  

2. Elabore uma lista das suas habilidades

A propósito, é bacana fazer uma lista com as suas principais habilidades. Essa é uma ótima jogada pra escolher o curso que te fará mais feliz tanto agora como no futuro.

Por isso, pense nas características que estão ligadas ao seu comportamento pessoal. Por exemplo, tente relacionar as habilidades: boa comunicação com equilíbrio emocional.

Logo, perceba quais pontos precisam de um ajuste!

Essa lista de habilidades pode ser um avanço muito importante na sua vida e na sua carreira, principalmente pra exercer funções que são expostas a situações de estresse.

Fique de olho, as empresas adoram identificar as habilidades!

Já o nível de engajamento que você apresenta é essencial pra atividades profissionais que precisam de trabalho em equipe.

Ainda, quem se identifica com cargos de Gestão pode se perguntar se apresenta uma visão mais estratégica sobre os problemas que enfrenta no dia a dia.

Você se considera uma pessoa flexível? Taí mais uma habilidade relevante pro mercado de trabalho: adaptação.

É uma competência interessante pra cargos que demandam inovação, por conta da necessidade de atualização constante.

Criatividade também é algo muito requisitado pelo mercado. Em vários tipos de funções, os profissionais precisam apresentar novas soluções pros desafios que surgem.

3. Saiba quais são as suas prioridades

A escolha da profissão é uma definição que pode passar por muitas influências. Os seus pais ou os seus parentes podem ter uma sugestão acerca da profissão ideal pra você.

No entanto, no momento de saber como escolher uma profissão, é fundamental avaliar se pretende seguir esse tipo de pressão externa.

Nesse sentido, defina quais são as suas prioridades e entenda, ainda, as suas motivações pra seguir a carreira que deseja.

Com isso, você terá um melhor entendimento do que é importante pra você e dos objetivos que pretende alcançar.

Assim, você pode conversar com os seus familiares sobre as razões que fundamentam a escolha do seu curso e deixar tudo acertado! 😉

4. Faça testes vocacionais

Mais um jeito de entender qual carreira é a mais adequada pra você é por meio de teste vocacional.

Esse é um método que pode ajudar a ampliar o seu autoconhecimento, assim como contribuir no alinhamento das suas expectativas antes de decidir como escolher uma faculdade.

Há várias opções de testes disponíveis na internet, mas é interessante pesquisar uma alternativa segura. Uma das nossas sugestões é o Teste Vocacional Descomplica.

É possível encontrar avaliações em sites voltados pra informações sobre carreiras e nas páginas de instituições de ensino. Portanto, verifique uma opção confiável antes de começar o teste.

Você pode contar ainda com profissionais habilitados pra orientação da sua carreira. É possível dispor desse serviço com psicólogos e psicopedagogos, por exemplo.

Dessa maneira, poderá usufruir de um atendimento mais personalizado pra assegurar a sua escolha profissional.

Esse tipo de profissional poderá aplicar ferramentas como questionários e exercícios, com o objetivo de entender melhor qual é o seu perfil.

Com isso, dá pra obter informações importantes sobre as suas características pessoais e amparar o direcionamento pro curso mais certo pra você.  

5. Converse com profissionais

Quem está em dúvidas de como escolher o curso certo também não pode deixar de conversar com os profissionais da área que deseja atuar.

É importante pesquisar diferentes opiniões, desde quem está há mais tempo no mercado até quem acabou de se formar.

Pra isso, liste as suas principais questões antes de iniciar o bate-papo com os futuros colegas do curso que você tem em vista. Aproveite a conversa pra:

  • entender como é a rotina do profissional;
  • compreender como são as atividades;
  • perguntar sobre o ritmo de trabalho que precisa cumprir;
  • conhecer quais são as probabilidades de carreira no campo. 
  • questionar quais são os desafios mais comuns do setor.
  • tirar as dúvidas sobre a média salarial;
  • avaliar as chances de acompanhar um dia de trabalho na empresa

No bate papo, a ideia geral sobre o cargo que envolve: remuneração, tarefas cotidianas, demandas do cargo e habilidades necessárias, pode ficar muito mais clara pra você. Vale a pena!

Vamos a mais uma dica? Ela é importantíssima, afinal, é comum apresentar uma ideia sobre as profissões com base no que a gente já ouviu falar sobre ela ao longo da vida.

No entanto, essa percepção nem sempre corresponde à realidade.

Por isso, antes de saber qual o curso certo pra você, é fundamental evitar fazer um julgamento prévio. De tal sorte que vai precisar ampliar os seus conhecimentos sobre o mercado de trabalho desse campo de atuação.

Quer conhecer como? Então, vem com a gente!

6. Pesquise sobre as profissões do seu interesse

Com o propósito de aprender mais sobre as carreiras, procure informações em blogs especializados sobre o assunto.

Veja ainda as pesquisas que indicam quais são as tendências relativas ao futuro dessas profissões e não deixe de conferir se há estudos que fazem previsões objetivas. Pode fazer toda a diferença, viu?!

Outra recomendação interessante é analisar o cenário de oportunidades na região em que você mora, bem como as chances disponíveis em outras partes do Brasil e no exterior.

Além da média salarial, que a gente já citou, outras informações podem ajudar você a entender como escolher o curso certo.

Uma recomendação é fazer uma busca no Google sobre a profissão que pretende cursar, juntamente com alguns termos que podem se relacionar com ela.

Só pra exemplificar, se você quer estudar Engenharia da Produção, é possível pesquisar expressões como:

  • O que faz o profissional da Engenharia da Produção;
  • Engenharia da Produção: grade curricular;
  • Engenharia da Produção: vagas;
  • O futuro profissional de Engenharia da Produção;
  • Mercado de trabalho de Engenharia da Produção; 
  • Carreiras em Engenharia da Produção; 
  • Engenharia da Produção: tendências.

Como resultado, é possível saber que a média salarial desse profissional é de R$ 7.312,00, conforme levantamento da plataforma Love Mondays, ou ainda aprender que essa área é recomendada pra quem busca se empenhar na gestão de projetos de engenharia em vários campos.

Seja como for, é só trocar o termo Engenharia da Produção pelo curso que você tem interesse e você vai conseguir dados que vão te ajudar bastante no momento de escolher a graduação que você mais se encaixa.

7. Assista a filmes e documentários

Essa é uma dica pra que a pesquisa sobre a profissão fique mais interessante e divertida!

Experimente assistir documentários, filmes ou séries que abordam o cotidiano da carreira que você mais se identifica.

Por exemplo, se já sonhou em estudar jornalismo, que tal assistir o longa Spotlight – Segredos Revelados?

Essa trama é baseada em uma história real de uma investigação jornalística de uma equipe do periódico americano The Boston Globe.

Já quem se interessa por direito pode curtir assistir o documentário 13ª Emenda. A peça cinematográfica aborda o sistema carcerário dos Estados Unidos e a relação com o racismo estrutural.

Por outro lado, caso você se interesse pela área da saúde, pode adorar a série Grey’s Anatomy. Em resumo, o nome da série faz referência a um livro de anatomia conhecido em Universidades Americanas.

Nessa produção, os médicos precisam lidar constantemente com casos complicados dos seus pacientes.

Essas são só algumas referências de produções audiovisuais. No entanto, é possível achar listas com sugestões sobre séries, filmes e documentários relativos à área que você se interessa em uma busca pela web.

Acima de tudo, é bom entender que nem todas as obras podem representar as profissões de maneira idêntica.

No entanto, há excelentes opções disponíveis, que podem ajudar se você quer aprender como escolher o curso certo.

8. Amplie o seu olhar

A gente já citou a importância de não manter julgamentos prévios sobre as profissões. Nesse sentido, uma sugestão necessária é aprimorar a sua visão a respeito das funções que você pode desempenhar após concluir o seu curso.

Um exemplo comum é o curso de Letras. É provável que muita gente imagine que o profissional formade nessa área deve apenas lecionar. Todavia, quem cursa Letras pode atuar em diversas frentes.

Desse modo, quem se forma em Letras pode atuar como tradutor, revisor, editor, redator, roteirista, escritor, entre outras atividades. Por isso, as possibilidades vão além da sala de aula.

A carreira pode incluir o trabalho em agências de marketing, editoras de livros, empresas de tradução, entre outras. 

É inegável que, quem está em busca de escolher o curso certo precisa aceitar quebrar os mitos que existem sobre as carreiras.

Logo, acreditar nessa ideia pode te proporcionar um futuro brilhante, seja lá qual for a carreira que você escolheu.

Esse exemplo que a gente acabou de ver que é muito comum pra galera de Letras, pode ser encontrado em outras profissões também, viu?!

Portanto, procure saber todas as áreas e tipos de empresas que estão relacionadas com a sua área de atuação e amplie os horizontes!

9. Descubra como é o dia a dia 

Entender o dia a dia da profissão que você deseja seguir é mais um passo essencial de como escolher o curso certo.

Nesse sentido, é interessante não se prender às dúvidas sobre as tarefas que as empresas demandam dos trabalhadores.

É importante compreender como funciona o ambiente de trabalho da ocupação que pretende seguir. Por isso, identifique:

  • com quais outros profissionais precisará trabalhar no cargo que você almeja atuar;
  • se os prazos das entregas são mais curtos do que imagina;
  • como são os horários;
  • se a organização é mais rígida ou flexível.

Depois de conhecer bem as respostas pra essas perguntas, se questione quais são as atividades que você mais se interessa e as tarefas que são condizentes com o seu perfil e outras que estão mais distantes do seus objetivos pessoais.

Boa sorte nessa fase importante!

10. Conheça as modalidades de ensino

Pra quem está em dúvida também sobre qual a modalidade de ensino mais apropriada, cabe conhecer melhor as características de cada uma delas.

A princípio, o curso presencial prevê que:

  • você tenha aulas diárias em horário fixo;
  • realize provas e outras atividades acadêmicas na faculdade e, com isso, se desloque da sua casa até o campus;

Já o curso à distância é mais flexível nesse sentido. Por isso, é uma escolha mais comum pra quem busca economizar tempo e dinheiro.

Nesse sentido, uma graduação EaD pode se encaixar mais facilmente na rotina dos estudantes.

Só pra ilustrar, em 2019, 63,2% das vagas ofertadas no país foram nessa modalidade de ensino. Os dados integram o Censo da Educação Superior 2019, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e pelo Ministério da Educação (MEC).

A versatilidade do ensino à distância ainda oferece a possibilidade do estudante escolher entre um curso 100% online ou um em que parte das atividades são online e outras presenciais.

É possível, ainda, contar com um ambiente virtual de aprendizagem totalmente preparado onde os alunos assistem às aulas e podem realizar avaliações, como se estivessem em uma sala de aula comum.

As plataformas também podem oferecer a possibilidade de fazer exercícios e participar de fóruns virtuais. Legal, né?

Desse modo, basta acessar a plataforma de qualquer dispositivo pra aprender de qualquer lugar.

Igualmente, a modalidade de ensino à distância permite que você tenha um ensino de qualidade com um preço acessível e ainda garante um preparo completo pro mercado de trabalho.

11. Saiba como é o curso

Outro passo importante é saber detalhes sobre o curso que se pretende estudar. Algumas condições podem ajudar você a entender como vai ser a graduação.

De antemão, saiba se o curso vai ser uma licenciatura, um bacharelado ou curso superior de tecnologia. O grau pode determinar fatores como a duração, o campo profissional e as disciplinas do curso.

Geralmente, as licenciaturas duram entre 4 e 5 anos. Já os cursos superiores em tecnologia podem perdurar de 2 a 3 anos. Por sua vez, os bacharelados variam de 4 a 6 anos.

Na hora de conhecer a grade, analise quais disciplinas fazem parte da matriz curricular. Dessa maneira, você vai saber melhor no que vai precisar se dedicar a aprender.

Observe, ainda, como é o material didático que vai ser objeto de estudo durante a graduação e confira se a instituição de ensino disponibiliza o material didático aos alunos. 

É preciso entender também se o curso que você escolheu demanda gastos extras.

Um exemplo é o curso de arquitetura que, solicita do estudante, despesas com acessórios como réguas, pastas, canetas, borrachas, entre outros materiais.

Além disso, saiba se o curso que você tem interesse exige a realização de estágio supervisionado. Portanto, confira quantas horas mínimas você vai precisar dedicar nessa etapa.

Não se esqueça de verificar se vai ser preciso fazer estágio em mais de uma área de atuação.

Existem inúmeros pontos pra se analisar e conhecer mais sobre o curso de interesse, mas esses com certeza já te darão um excelente suporte!

12. Pesquise a reputação da instituição 

É muito comum a gente fechar uma conclusão apenas com base no que os outros dizem sobre um determinado assunto, no entanto, quem está com dúvidas de como escolher o curso certo também precisa pesquisar a reputação da instituição de ensino em que pretende estudar. Mas, em fontes seguras, hein?!

Assim, procure saber o que os alunos e ex-alunos falam das instituições nas redes sociais e em depoimentos disponíveis nos sites dos polos educacionais e verifique também se houve resposta às pesquisas de satisfação disponíveis.

Isso mostrará a você o quanto aquela Faculdade se preocupa em passar uma boa impressão.

Caso tenha possibilidade, converse com quem já estudou por lá também. Pode ser um bom jeito de tirar dúvidas sobre o curso que você almeja.

Nesse sentido, é interessante conhecer os materiais que os alunos precisam, bem como as oportunidades que a faculdade oferece aos estudantes.

Aproveite pra perguntar como foi fazer o estágio, caso isso esteja previsto no seu curso. Se possível, peça também recomendações sobre como estudar pras disciplinas.

13. Veja como é o time de professores

Não deixe de observar também como é o time de professores do curso que pretende seguir. Confira quais são as especializações desses profissionais, a exemplo de mestrado e doutorado.

Veja também há quanto tempo os docentes lecionam e a experiência que apresentam no mercado de trabalho. Lembre-se que os professores vão ser responsáveis por orientar você ao longo do curso.

Dessa forma, a equipe de docentes escolhida pra graduação pode influenciar bastante na qualidade de ensino. 

14. Planeje a sua carreira

Outra dica de como escolher o curso certo é fazer um planejamento da sua carreira. Com todas as informações que você tem em mãos sobre o seu curso, analise quais as trilhas que você pode seguir na sua profissão.

Analise se o curso que pretende cursar oferece mais oportunidades no setor público ou privado, por exemplo. Veja ainda como deve ser a progressão de carreira na sua área e comece a pesquisar em quais empresas desejaria atuar.

Assim sendo, você vai entender a melhor maneira de se dedicar durante a graduação pra atingir os objetivos que deseja.

Os estágios também podem ser boas oportunidades pra atuar como profissional na empresa após a conclusão do curso.

15. Lembre-se que todo mundo pode errar!

Por fim, não se preocupe caso você faça uma escolha e depois perceba que prefere focar em outro caminho. É comum cometer erros e até mesmo mudar de ideia depois de um tempo.

Então, é fundamental compreender que também podem ocorrer falhas na sua escolha profissional. As mudanças que surgirem, também podem ser positivas pra sua vida e pra sua carreira.

E aí? Deu pra saber mais sobre como escolher o curso certo pra você? Se você busca avançar no sentido do seu sucesso profissional, conheça os cursos oferecidos pela Faculdade Descomplica.

A gente oferece uma formação 100% online pra que você possa estudar de onde preferir. Além do mais, você pode ter um ensino de qualidade que cabe no seu bolso.

Partiu estudar com a gente? É só acessar a página da Faculdade Descomplica e escolher o seu curso!