• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Confira as 5 melhores estratégias de feedback!

Muitas tarefas no dia a dia da organização demandam estratégias precisas. É certo, no entanto, que nem mesmo uma boa liderança é capaz de dominar todas elas. Uma das atividades que costumam gerar insegurança, por exemplo, é a avaliação dos funcionários. Nesse sentido, o questionamento sobre como dar feedback não costuma ser incomum.

Pensando nisso, e tendo em vista a importância desse processo pra que as empresas possam melhorar a performance de seus colaboradores, a gente elencou 5 dicas imperdíveis pra você conferir! Fica de olho!

1. Elabore um roteiro

Um processo de avaliação costuma abordar diversos tópicos referentes à vida profissional do trabalhador. O esquecimento de apenas um deles, no entanto, pode comprometer toda a eficácia do feedback.

Pra garantir que todos os itens sejam explorados, é fundamental elaborar um roteiro prévio. Isso auxilia na organização lógica do discurso e evita imprevistos durante a reunião. Entre os tópicos que vale a pena preencher, estão:

  • pontos positivos;
  • pontos de melhoria;
  • orientações de conduta;
  • possíveis objeções ao feedback.

2. Mantenha a clareza e objetividade

Em segundo lugar, é importante que você esteja atento à linguagem utilizada. Além de aplicar técnicas de oratória que preservam o diálogo pacífico, é necessário manter a clareza e objetividade durante toda a avaliação.

Isso é importante por dois motivos. O primeiro deles é a sintetização do discurso a partir de informações relevantes. O segundo motivo é o descarte de explicações complexas, o que permite a melhor fixação do feedback pelo colaborador.

3. Comece pelos pontos fortes

É natural que, tanto pro gestor quanto pro colaborador, o processo de feedback desperte sentimentos como medo e tensão.

Sendo assim, vale a pena iniciar a avaliação pelos pontos fortes. Isso quebrará o gelo inicial, amenizará a sensação de desconforto e fortalecerá o indivíduo emocionalmente em eventuais críticas e pontos de melhoria elencados.

4. Evite críticas pessoais

Outra dica de como dar feedback é evitar críticas de ordem pessoal. É importante distinguir o que diz respeito ao trabalho na instituição e o que diz respeito à vida pessoal, fugindo do alcance da empresa.

Dessa forma, evitam-se conflitos que nem sequer são de interesse do negócio e tornam a avaliação invasiva. Lembre-se que o papel de um administrador no feedback não é destruir a autoestima do colaborador, mas promover o seu desenvolvimento profissional.

5. Aponte melhorias

Por fim, um dos grandes objetivos do feedback é o melhoramento constante da performance do funcionário. Afinal, não há sentido em apontar falhas sem propor soluções, não é mesmo? Sendo assim, não deixe de encarar a avaliação como uma oportunidade

Quando puder, aponte melhorias ou caminhos novos pra percorrer. Além disso, evite termos que remetem à ideia de que o empenho do funcionário não valeria a pena.

Saber como dar feedback exige experiência e, também, um certo domínio de estratégias. Afinal, pra ser um bom gestor é preciso cultivar uma bagagem teórica capaz de atribuir as ferramentas necessárias pra gerir pessoas na empresa. Nesse sentido, buscar uma especialização é fundamental pra tornar mais eficaz as avaliações dos funcionários.

E aí? Curtiu as dicas? Então não deixe de agregar ainda mais conhecimento inscrevendo-se na Pós-Graduação Online em Gestão de Pessoas, Liderança e Coaching da Faculdade Descomplica!