• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Aprenda a fazer marketing digital do jeito certo para ter sucesso em seus resultados

Antes de aprender como fazer marketing digital, é necessário saber o que é exatamente esse tal de marketing digital.

Em resumo, assim como o marketing tradicional, o digital também se trata de ações tomadas com o propósito de promover ou comercializar algo. A principal diferença entre os dois está nos meios usados por eles.

Já que pra se fazer marketing digital é necessário utilizar-se de ferramentas digitais como forma de promoção daquilo que se deseja divulgar. 

Em contrapartida, no tradicional é mais comum se utilizar de meios físicos.

Mas não é só isso, uma grande diferença a ser destacada é a conexão com o público criada a partir do marketing digital. Algo não tão comum no tradicional.

Como fazer marketing digital de qualidade?

Como fazer marketing digital de qualidade?

Agora que você já sabe sobre o que se trata, é interessante aprender que não basta apenas saber o que é, pois, pra se destacar nesse meio, é necessário saber como fazer marketing digital de qualidade.

Em primeiro lugar, é bastante viável considerar uma especialização na área, pois ao contrário do que muita gente imagina, pra ter resultados positivos, saber o básico não é suficiente, é preciso ter domínio.

A lista de cursos livres do Descomplica dispõe de um curso de marketing para e-commerce, que pode ser a sua porta de entrada pra se tornar um especialista.

Todavia, se você deseja ter algum conhecimento introdutório sobre o assunto, a seguir, a gente vai apresentar alguns dos pilares necessários na hora de aprender como fazer marketing digital com sucesso.

São eles:

  • Marketing de Conteúdo
  • SEO
  • Mídias Sociais

1. Marketing de Conteúdo

Marketing de conteúdo é uma forma de fazer marketing que parte do princípio de produzir conteúdo de valor pro público ao qual aquilo é destinado.

Contudo, ele deve ser feito de forma espontânea, sem forçar uma venda goela abaixo da audiência, ao invés disso, ele deve conduzir o público à compra de maneira natural.

Aplicar o marketing de conteúdo em uma estratégia de vendas, por exemplo, pode ser muito útil pra um negócio, pois oferece inúmeras vantagens como:

Aumenta a interação das pessoas com uma marca

Quando um conteúdo de qualidade é criado, muito engajamento pode ser gerado a partir de compartilhamentos, comentários ou menções, pois o público vai desejar dividi-lo com outras pessoas que podem vir a se tornar potenciais consumidores daquilo também.

Aumenta a confiança de possíveis clientes

Ter um portal na internet onde se pode interagir com o público e sanar suas dúvidas faz com que as pessoas se sintam seguras em confiar numa determinada empresa.

Além disso, quando se investe tempo em criação de conteúdo, a audiência entende que aquela marca em questão entrega mais valor que a concorrência.

Reduz custos com outras estratégias de marketing

O custo pra fazer marketing de conteúdo costuma ser muito baixo e, em contrapartida, gerar muito resultado. Já que dá pra atrair e fidelizar clientes usando apenas técnicas de SEO, sem precisar gastar com tráfego pago, por exemplo.

2. SEO

SEO é um conjunto de técnicas comumente usadas em sites e portais da internet pra otimização de conteúdo. Em resumo, trata-se de uma forma pra atrair tráfego por meio dos motores de busca como o Google.

Existem algumas técnicas de SEO que não podem faltar de jeito algum na construção de um artigo pra internet. Veja alguns exemplos!

Palavra-chave

Uma palavra-chave é o nome que se dá a um possível termo a ser buscado no Google, que pode ser não apenas uma palavra, como também uma frase.

Usar uma determinada palavra-chave durante a produção de um artigo, pode aumentar muito as chances desse texto ser encontrado numa busca online.

No entanto, ela deve ser usada de forma natural no decorrer da postagem, caso contrário, buscadores como o Google podem interferir no ranqueamento do seu artigo.

Conteúdo escaneável

Escrever pra internet é diferente de escrever um livro ou uma redação comum.

Não dá pra escrever em blocos de parágrafos longos. Na internet, o texto precisa ser escaneável.

Isso significa que ele precisa ser escrito com o objetivo de ser lido com facilidade. Com parágrafos curtos, negritos, bullet points, cabeçalhos, imagens etc.

Links internos

Os links internos são links que levam o usuário pra outras páginas dentro do próprio site.

Eles são usados principalmente pra aumentar a permanência de um usuário em um site ou pra levá-los a executar alguma ação como fazer uma compra.

Quando um usuário permanece em um site por muito tempo, motores de busca, como o Google, entendem que se trata de um site relevante e passam a entregar seu conteúdo pra mais pessoas.

3. Mídias Sociais

Quando se aprende como fazer marketing digital, é possível perceber que as mídias sociais são indispensáveis pra uma estratégia digital gerar bons resultados.

Já que as mídias sociais como Facebook, Instagram, Pinterest, LinkedIn e outras, podem oferecer inúmeros benefícios como. Veja alguns deles.

Análise de dados

A maioria das redes sociais oferecem ferramentas que permitem fazer a análise dos dados do público que acompanha um determinado perfil.

Por exemplo, os dados demográficos de gênero, idade e sexo.

Tais informações são muito importantes, principalmente pra que se possa desenvolver um conteúdo mais direcionado ao gosto da audiência.

Mas não é preciso se limitar apenas aos dados oferecidos pelo sistema da mídia social, também é possível tomar seus próprios dados, utilizando-se da interação do público como base.

Interação com o público

As pessoas interagem umas com as outras nas mídias sociais. Sendo assim, elas também interagem com as marcas que consomem ou que desejam consumir algum dia.

Esses indivíduos falam bem, falam mal, criticam, dão sugestões, fazem análises de produtos que compram, dizem o que gostam e o que não gostam, entre outras coisas.

Essas informações são muito úteis e devem ser coletadas, pois podem vir a ser utilizadas posteriormente como uma isca, pra atrair essas e outras pessoas que compartilham de pensamentos parecidos, pra uma campanha, por exemplo.

Viralização de conteúdo

Com as mídias sociais é possível alcançar a atenção de milhares de pessoas.

E quando uma determinada postagem atrai os olhares de grande parte desse público e gera uma identificação com essa turma, a chance de viralização é enorme.

Um post viral tem o poder de colocar uma marca na boca do povo, de popularizar um produto, de chamar a atenção da galera pra uma empresa e torná-la conhecida.

Por esse motivo, seja qual for a mídia utilizada, ter uma presença forte em, pelo menos, uma delas tem de ser obrigatório em qualquer estratégia digital.

E aí, curtiu as dicas?

Que tal entrar de cabeça nessa área e começar a fazer sua primeira especialização? Conheça as carreiras disponíveis na plataforma de cursos livres do Descomplica e dê início aos seus estudos imediatamente!