Guia Definitivo de Inscrição no Sisu 2019

O Sisu e você

O Sisu é uma das fases mais importantes de todo o seu caminho enquanto vestibulando. É nesse momento que você vai tomar decisões importantes para o futuro, portanto precisa estar totalmente por dentro de todas as etapas do processo que pode lhe conceder uma vaga nas melhores universidades do país.

Por isso, o Descomplica criou este Guia Definitivo de Inscrição no Sisu 2019. Queremos garantir que você estará preparado e confiante para alcançar seu objetivo. Vamos nessa?

Elaboramos quatro questões para você começar a entender o processo. A recomendação é: se puder, responda-as em uma folha de papel, agenda ou caderno. Isso ajuda a deixar seu raciocínio mais elaborado.

a) Primeiro de tudo: você já sabe qual curso quer fazer? Se sim, tente listas as suas motivação para ter feito essa escolha. Por exemplo: se você deseja cursar Medicina, quais são os motivos que o levaram a essa escolha? Se você não faz ideia de qual curso deseja fazer, escreva algumas opções possíveis e as dúvidas relacionadas a eles.

Dica: priorize as possibilidades de acordo com o que você imagina e deseja para sua vida. Pense nas possibilidades de carreira, suas habilidades e veja as matérias contempladas no curso.

b) Em qual ou quais universidades você gostaria de estudar e que oferecem o curso que você deseja? Liste-as aqui!

Dica: analise de acordo com o que é importante para o seu momento de vida. Alguns fatores importantes: proximidade com o local onde você mora, mercado de trabalho, grade curricular. Às vezes, o mesmo curso tem currículos diferentes em cada universidade.

c) Existem outros cursos que não sejam a sua primeira opção, mas que você considera fazer? Faça uma lista com as suas opções e também com os motivos que o levam a se interessar por essas escolhas. É importante pensar nisso antes do Sisu, para que você escolha uma segunda opção de curso de forma consciente. Tentar uma vaga só por tentar não faz muito sentido, certo?

d) Existe possibilidade de morar em outro estado? É viável para você e sua família? Para onde você está disposto a ir e o que mudaria em sua vida? Leve em consideração os custos de morar em outro estado, se você terá ajuda financeira da sua família, se precisará trabalhar, se poderá estar próximo a outros amigos e familiares etc.

Refletindo

Depois de responder às perguntas anteriores, é hora de refletir! Separamos alguns pontos importantes de serem levados em consideração na hora de analisar suas respostas.

Entenda a sua motivação. Você tem um sonho de vida? Ou está procurando uma formação profissional que te ofereça êxito e renda? Entrar para uma universidade é uma decisão importante que irá trazer impactos muito positivos a curto, médio e longo prazo, mas leve em consideração que se trata de uma preparação que dura alguns anos, e isso requer que você tenha motivações suficientes!

Analise mudanças com atenção. Está pensando em trocar de cidade para conseguir uma vaga no curso dos seus sonhos? Tudo bem! Muita gente faz isso e adora a experiência! Mas lembre-se de que isso implica uma mudança de vida. Avalie que existem os custos de mudanças, moradia e do dia a dia, além dos custos emocionais, que são adaptação em uma nova cidade, às vezes ficar longe da família, amigos e outros tantos. Coloque na conta e leve em consideração se, pra você, esta é uma oportunidade ou uma dificuldade. E lembre-se: as universidades não cobrem custos de mudança e manutenção de seus alunos, certo? Algumas oferecem bolsas de permanência e auxílio moradia; se informe direitinho com o pessoal das universidades para as quais você planeja entrar.

Considere um plano B! Você está disposto a ingressar em uma outra instituição que não a do seu principal objetivo? Se sim, procure saber como são as diferentes universidades que oferecem o curso que você deseja. Elas podem ter pontos positivos e negativos quando comparadas à instituição que você mais almeja, mas ainda é uma vantagem conseguir ser aprovado no curso que tanto quer, certo?

Considere até um plano C! Você está disposto a ingressar em um outro curso que não o seu objetivo primário? Seria um curso da mesma área ou outro tipo de direcionamento de carreira? Por exemplo, se deseja muito medicina, mas não for aprovado, está disposto a cursar enfermagem? Prefere tentar cursar algo totalmente diferente, como administração?

Ao escolher primeiras e segundas opções, leve em consideração que:

  • Um curso alternativo na sua área pode te trazer mais conhecimento sobre o que você tanto quer, e talvez até adiantar algumas matérias que seja compartilhadas! Com o tempo e enquanto começa os estudos na universidade, você pode decidir se irá terminar essa graduação ou tentar novamente o vestibular para aquele curso que você queria antes!
  • Um curso alternativo fora da sua área pode ser engrandecedor e te trazer novas perspectivas de vida. Pode ser que você descubra que tem interesses diferentes dos que achou que tinha, ou pode ser que descubra que sua vocação é mesmo aquela que não conseguiu de primeira. Isso deve te dar mais certeza dos seus próximos passos.
  • Um curso alternativo é sempre melhor do que deixar todos os estudos de lado, seja os de preparação para o vestibular, seja os do próprio curso superior, certo? Não tenha dúvidas disso!

Se esse é o seu sonho, persista! Você não está disposto a desistir nem do curso nem da instituição dos seus sonhos? Essa é uma resolução importante, e seu caso não é muito incomum. Mas tenha isso em mente para traçar seus planos de acordo com os resultados do Sisu. Se for aprovado, corra para comemorar! Se não for aprovado, é hora de recomeçar a estudar. Preferir tentar de novo é uma decisão corajosa e sábia para quem tem certeza do que quer, e para quem pode continuar estudando e se dedicando. O Descomplica está ao seu lado para apoiar suas decisões, e todo ano é ano de passar!

Não se pressione tanto! Tenha em mente que nem tudo na vida é definitivo, e que você pode mudar de ideia e de objetivo durante o caminho. Ao longo da vida, você verá que sempre há tempo para começar algo novo, de novo! :)

Refletiu sobre todos estes pontos? Agora você deve rever o questionário do começo do Guia para ver se suas respostas continuam as mesmas! Se houver mudança, faça as alterações necessárias e vamos em frente!

As estratégias

O Sisu oferece duas opções para inscrição, e você deve pensar nelas como duas chances, que correspondem a uma combinação entre curso e instituição. Ou seja, não tem como dizer pro Sisu: “Eu quero cursar Direito em qualquer lugar, acha uma vaga aí pra mim!”, nem mesmo “Quero mesmo é entrar na UFMG, veja para qual curso eu me qualifico!”.

Você deve necessariamente escolher o que e onde estudar! As duas opções são individuais e não interferem uma na outra com relação às chances. Ou seja, a chance de ser aprovado na primeira não interfere na chance de aprovação na segunda, e nem vice-versa. Mas a ordem das opções aqui importa, e muito! Para tirar o melhor proveito dessas chances, vamos explicar uma de cada vez.

A primeira opção. Tem que corresponder ao curso e à instituição dos seus sonhos, sim! Afinal, se você for aprovado nessa opção, a segunda opção deixa de valer, mesmo que você tenha sido aprovado nas duas, ok?

Mas seja objetivo: você tem que ter alguma probabilidade razoável de ser aprovado, mesmo que em uma reclassificação. Se não, pode apenas estar gastando uma ficha à toa! Além disso, mesmo que não seja aprovado na chamada regular, você pode optar pela lista de espera.

A segunda opção. Tem que ser um curso que você tope fazer, mesmo não sendo o curso dos seus sonhos ou na instituição que mais deseja. Se você escolher um curso sem-graça ou que não esteja disposto a fazer mesmo que aprovado, você pode estar desperdiçando uma oportunidade! Não vale, né? Escolha um curso no qual você tenha muita chance de ser aprovado na chamada regular, simplesmente porque não há lista de espera para a segunda opção!

O objetivo será descobrir quais combinações de curso e instituição servem melhor para cada opção. A Tabela Descomplica de Análise do Sisu, que você pode baixar aqui, vai te ajudar a entender. Nela, você preenche as informações sobre o seu curso, sobre o seu desempenho no Simulador Sisu e também o seu resultado parcial no Sisu de verdade. Mas, antes, vamos falar sobre as notas de corte no Sisu, pois você precisa dessas informações para preencher a Tabela (baixe aqui, vai!).

As notas

O Sisu libera, durante os três dias de inscrição, duas parciais de notas de corte, uma no segundo e outra no terceiro dia. Elas levam em consideração as pessoas que se inscreveram até ali, e apresenta qual seria a nota de corte e quem seria aprovado. Você pode ver nessas parciais qual a sua posição na lista, o que ajuda muito a tomar as decisões finais. Mas fique atento! As parciais não garantem aprovação. Mesmo que na primeira e na segunda parciais você tenha ficado dentro, isso não quer dizer que o resultado final será assim! Estar fora nas parciais não significa que você não possa ser aprovado no resultado final. Isso porque no último dia de inscrição muitas pessoas ainda não fizeram nenhuma inscrição e/ou mudam suas opções, ou seja, a lista pode variar bastante, e o ideal é que você use essas informações como parâmetros para sua decisão final, que não deixa de ser uma aposta. Dito isto, é hora de fazer download da Tabela Descomplica de Análise do Sisu, para tê-la em mãos e usá-la na hora certa de escolher a vaga certeira no Sisu - disponibilizamos a tabela e um guia de como usá-la! :)

A inscrição

Para fazer tudo certinho, você pode assistir ao nosso vídeo ou acompanhar as etapas nessa lista aqui:

  1. Acesse o site do Sisu.
  2. Clique em “Fazer Inscrição”.
  3. Entre no Sisu com seu número de inscrição e senha do Enem.
  4. Confirme os seus dados cadastrados. Você pode selecionar a opção que usa os seus dados cadastrados no Enem.
  5. Você está pronto para escolher a sua primeira opção de curso! É só clicar em “Fazer Inscrição” na primeira opção e procurar por município, instituição ou nome do curso que você deseja. Quando achar o curso desejado, clique em “Escolher este curso”. Fique ligado, pois é neste momento que você vai poder colher informações importantíssimas para preencher a sua Tabela Descomplica de Análise do Sisu! Veja quantas vagas estão disponíveis e qual é a sua nota para o curso escolhido!
  6. Selecione o tipo de vaga que você deseja escolher: vaga por ação afirmativa ou vaga por ampla concorrência. Em seguida, clique em “Escolher esta modalidade”.
  7. Confira todas as informações sobre o curso e a instituição que você escolheu. Veja também os documentos que serão exigidos para fazer a sua inscrição. Se estiver tudo correto, selecione a opção “Estou ciente de toda a documentação exigida para a matrícula, assim como das demais informações contidas acima”. Lembre-se de que você precisará comprovar esta documentação no ato da matrícula, então fique atento!
  8. Confirme a sua inscrição!
  9. Pronto! Você será a sua primeira opção de curso e as informações básicas sobre ela. Lembre-se: se você quiser mudar o curso, é só clicar em “Cancelar opção” ou “Escolher outro curso”. Você pode fazer isso quantas vezes quiser.
  10. Agora é só repetir o passo a passo e escolher a sua segunda opção de curso! Ao terminar, confira seus dados e os cursos escolhidos. Enquanto o Sisu estiver aberto, você poderá alterar as suas escolhas. Boa sorte! :)

Lembretes IPC (Importantes Pra Caramba)! O Sisu fecha às 23h59 do terceiro dia. Não deixe pra fazer a inscrição e/ou as alterações perto desse horário: o site fica cheio de atrasados e a internet pode não cooperar. Não vale a pena correr riscos, certo?

O Sisu libera as parciais duas vezes antes de fechar de vez. Não perca essas parciais para anotar sua colocação e notas de corte, e decidir se gostaria de mudar a opção nesse meio tempo para ver parciais de outros cursos e instituições. Você pode imprimir sua inscrição, caso deseje!

Se não for aprovado na sua primeira opção de curso, você pode entrar na lista de espera. Atenção! Você precisa demonstrar interesse em entrar na lista de espera, escolhendo essa opção no site do Sisu depois que o resultado final sair. Se você não fizer essa escolha, você não entrará automaticamente na lista, ok? Fique atento!

As listas de espera são operadas por cada instituição de ensino, de forma individual. Ou seja, você terá que acompanhar a evolução desse processo direto com a universidade; nesse momento, o Sisu sai de cena!

A cartada final

Como passo não menos importante: torça muito para conquistar a sua vaga! Conte com a sua própria torcida, com a nossa e com a da sua família e amigos: energia positiva nunca é demais!

Tenha confiança no seu esforço, no que você aprendeu ao longo do ano e no que já demonstrou no Enem! Essa é a hora de colher os resultados. Se, no entanto, mesmo a maior torcida do mundo não puder evitar um 7x1 daqueles, saiba que o Descomplica está preparado para te ajudar a arrasar no Enem em 2019!

Para conhecer, é só clicar aqui! :)

Boa sorte no Sisu e vamos juntos!