Questão 55 da prova azul do primeiro dia do Enem 2021

A categoria de refugiado carrega em si as noções de transitoriedade, provisoriedade e temporalidade. Os refugiados situam-se entre o país de origem e o país de destino. A transitarem entre os dois universos,
ocupam posição marginal, tanto em termos identitários – assentada na falta de pertencimento pleno enquanto membros da comunidade receptora e nos vínculos introjetados por códigos partilhados com a comunidade de quanto em termos jurídicos, a deixarem de exercitar, a menos em caráter temporário, o status de cidadãos no país de origem e portar o status de
refugiados no país receptor.

MOREIRA, J. B. Refugiados no Brasil: reflexes acerca do processo de integração local.
REMHU, n. 43, jul.-dez. 2014 (adaptado).

A condição de transitoriedade dos refugiados no Brasil, conforme abordada no texto, é provocada pela associação entre

  1. A ascensão social e burocracia estatal.
  2. miscigenação étnica e limites fronteiriços.
  3. desqualificação profissional e ação policial.
  4. instabilidade financeira e crises econômicas.
  5. desenraizamento cultural e insegurança legal.

Comentário da questão

Gabarito: E
Comentário: O texto faz uma reflexão sobre o processo de integração dos refugiados no seu local de destino e comenta a dificuldade que eles encontram ao se deslocarem para um lugar desconhecido, que não possuem vínculos identitários e culturais, além de não possuírem uma situação de legalidade do ponto de vista do exercício da cidadania plena. Assim, o desenraizamento cultural e a insegurança local são problemas relacionados à transitoriedade.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção E

Questões correspondentes

80 76 65 0

Assunto