Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 62

É certo que entramos na era das sociedades de “controle”. Elas já não são exatamente sociedades disciplinares, cuja técnica principal é o confinamento (não somente o hospital e a prisão, mas também a escola, a fábrica, o quartel). A sociedade de controle não funciona por confinamento, mas por controle contínuo e comunicação instantânea. É evidente que não deixamos de falar de prisão, de escola, de hospital: mas essas instituições estão em crise.

DELEUZE, G. Entrevista a Toni Negri. In: O devir revolucionário e as criações políticas.

Novos Estudos Cebrap, n. 28, out. 1990 (adaptado). No trecho, ao problematizar as sociedades contemporâneas, Gilles Deleuze está enfatizando a ausência de

  1. legitimidade nas redes de informação.
  2. autonomia nas ações individuais.
  3. sanções no ordenamento jurídico.
  4. padrões na sociedade de consumo.
  5. inovações nos sistemas educacionais.

Comentário da questão

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção B

Questões correspondentes

68 72 79 0

Assunto