Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

O processamento da mandioca era uma atividade já realizada pelos nativos que viviam no Brasil antes da chegada de portugueses e africanos. Entretanto, ao longo do processo de colonização portuguesa, a produção da farinha foi aperfeiçoada e ampliada, tornando-se lugar comum em todo o território da colônia portuguesa na América. Com a consolidação do comércio atlântico em suas diferentes conexões, a farinha atravessou os mares e chegou aos mercados africanos.

BEZERRA, N. R. Escravidão, farinha e tráfico atlântico: um novo olhar sobre as relações entre o Rio de Janeiro e Benguela (1790-1830). Disponível em: www.bn.br. Acesso em: 20 ago. 2014 (adaptado)

Considerando a formação do espaço atlântico, esse produto exemplifica historicamente a

  1. difusão de hábitos alimentares.
  2. disseminação de rituais festivos.
  3. ampliação dos saberes autóctones.
  4. apropriação de costumes guerreiros.
  5. diversificação de oferendas religiosas.

Comentário da questão

Ao longo do processo de colonização portuguesa, o comércio tornou o Atlântico um espaço de conexões entre Europa, América e África.  A chegada da farinha de mandioca, através do comércio transatlântico, aos mercados africanos, exemplifica que as relações estabelecidas permitiram a difusão de hábitos alimentares.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção A

Questões correspondentes

52 60 56

Assunto