Questão

Trata-se da perda progressiva da produtividade de biomas inteiros, afetando parcelas muito expressivas dos domínios subúmidos e semiáridos em todas as regiões quentes do mundo. É nessas áreas, ecologicamente transicionais, que pressão sobre a biomassa se faz sentir com muita força, devido à retirada da cobertura florestal, ao superpastoreio e às atividades mineradoras não controladas, desencadeando um quadro agudo de degradação ambiental, refletido pela incapacidade de suporte para o desenvolvimento de espécies vegetais, seja uma floresta natural ou plantações agrícolas.

CONTI, J. B. A geografia física e as relações sociedade-natureza no mundo tropical, In: CARLOS, A. F. A. (Org.). Novos caminhos da geografia. São Paulo:

O texto enfatiza uma consequência da relação conflituosa entre a sociedade humana e o ambiente, que diz respeito
  1. inversão térmica.
  2. poluição atmosférica.
  3. eutrofização da água.
  4. contaminação dos solos.
  5. desertificação de ecossistemas.

Comentário da questão

A desertificação é um processo de perda de fertilidade dos solos e consecutiva redução da biodiversidade em ambientes áridos, semiáridos e subúmidos, gerando uma grande degradação ambiental. É um processo natural que pode ser agravado pelo homem. A questão exigia que o candidato identificasse as características do processo e identificasse a desertificação.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção E

Questões correspondentes

72 70 50 78

Assunto