Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 118

O último longa de Carlão acompanha a operária Silmara, que vive com o pai, um ex-presidiário, numa casa da periferia paulistana. Ciente de sua beleza, o que lhe dá certa soberba, a jovem acredita que terá um destino diferente do de suas colegas. Cruza o caminho de dois cantores por quem é apaixonada. E constata, na prática, que o romantismo dos contos de fada tem perna curta.

VOMERO, M. F. Romantismo de araque. Vida Simples, n. 121, ago. 2012.

Reconhece-se, nesse trecho, uma posição crítica aos ideais de amor e felicidade encontrados nos contos de fada. Essa crítica é traduzida

  1. pela descrição da dura realidade da vida das operárias.
  2. pelas decepções semelhantes às encontradas nos contos de fada.
  3. pela ilusão de que a beleza garantiria melhor sorte na vida e no amor.
  4. pelas fantasias existentes apenas na imaginação de pessoas apaixonadas.
  5. pelos sentimentos intensos dos apaixonados enquanto vivem o romantismo.

Comentário da questão

No texto, a personagem Silmara acredita que a sua beleza serviria de “porta-voz” para possibilidades de ascensão social, no entanto, o texto evidencia que ela se enganou com esse pensamento, pois isso não lhe garantiu necessariamente sorte na vida e nos relacionamentos.  

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção C

Questões correspondentes

109 131 106

Assunto