Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 96

A existência dos homens criadores modernos é muito mais condensada e mais complicada do que a das pessoas dos séculos precedentes. A coisa representada, por imagem, fica menos fixa, o objeto em si mesmo se expõe menos do que antes. Uma paisagem rasgada por um automóvel, ou por um trem, perde em valor descritivo, mas ganha em valor sintético. O homem moderno registra cem vezes mais impressões do que o artista do século XVIII.

LEGÉR, F. Funções da pintura. São Paulo: Nobel, 1989.

A vanguarda europeia, evidenciada pela obra e pelo texto, expressa os ideais e a estética do

  1. Cubismo, que questionava o uso da perspectiva por meio da fragmentação geométrica.
  2. Expressionismo alemão, que criticava a arte acadêmica, usando a deformação das figuras.
  3. Dadaísmo, que rejeitava a instituição artística, propondo a antiarte.
  4. Futurismo, que propunha uma nova estética, baseada nos valores da vida moderna.
  5. Neoplasticismo, que buscava o equilíbrio plástico, com utilização da direção horizontal e vertical.

Comentário da questão

No texto I, o título “A hieroglífica dinâmica do Bal Tabarim”, da obra de Severini, está vinculada à ideia de movimento, se pensarmos na noção que o termo “dinâmica” apresenta. Já no texto II, o trecho “uma paisagem rasgada por um automóvel” reforça o sentido de modernidade. Neste sentido, os textos I e II dialogam com as características da vanguarda Futurista.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção D

Questões correspondentes

105 98 131

Assunto