Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 119

Casamento

 

Há mulheres que dizem:
Meu marido, se quiser pescar, pesque,
mas que limpe os peixes.
Eu não. A qualquer hora da noite me levanto,
ajudo a escamar, abrir, retalhar e salgar.
É tão bom, só a gente sozinhos na cozinha,
de vez em quando os cotovelos se esbarram,
ele fala coisas como “este foi difícil”
“prateou no ar dando rabanadas”
e faz o gesto com a mão.
O silêncio de quando nos vimos a primeira vez
atravessa a cozinha como um rio profundo.
Por fim, os peixes na travessa,
vamos dormir.
Coisas prateadas espocam:
somos noivo e noiva.

PRADO, A. Poesia reunida. São Paulo: Siciliano, 1991.

O poema de Adélia Prado, que segue a proposta moderna de tematização de fatos cotidianos, apresenta a prosaica ação de limpar peixes na qual a voz lírica reconhece uma

  1. expectativa do marido em relação à esposa.
  2. imposição dos afazeres conjugais.
  3. disposição para realizar tarefas masculinas.
  4. dissonância entre as vozes masculina e feminina.
  5. forma de consagração da cumplicidade no casamento.

Comentário da questão

Distante da ideia de propagar a noção da mulher como submissa aos afazeres da casa, o poema de Adélia Prado visa destacar a união e a cumplicidade entre o casal de forma harmônica e natural, tratando de forma simples elementos do cotidiano.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção E

Questões correspondentes

131 135 99

Assunto