Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 13

Os andróginos tentaram escalar o céu para combater os deuses. No entanto, os deuses em um primeiro momento pensam em matá-los de forma sumária. Depois decidem puni-los da forma mais cruel: dividem-nos em dois. Por exemplo, é como se pegássemos um ovo cozido e, com uma linha, dividíssemos ao meio. Desta forma, até hoje as metades separadas buscam reunir-se. Cada um com saudade de sua metade, tenta juntar-se novamente a ela, abraçando-se, enlaçando-se um ao outro, desejando formar um único ser.

PLATÃO. O banquete. São Paulo: Nova Cultural, 1987.

No trecho da obra O banquete, Platão explicita, por meio de uma alegoria, o

  1. bem supremo como fim do homem.
  2. prazer perene como fundamento da felicidade.
  3. ideal inteligível como transcendência desejada.
  4. amor como falta constituinte do ser humano.
  5. autoconhecimento como caminho da verdade.

Comentário da questão

Para o filósofo grego Platão, o amor é falta constituinte do ser humano, pois, segundo sua alegoria o homem teria sido dividido em dois, cada um “metade da laranja”. Desta forma, o homem nunca estaria totalmente completo, o que também nos remete a teoria dos dois mundos de Platão – mundo inteligível e mundo sensível.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção D

Questões correspondentes

18 08 23

Assunto