Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 32

Aquarela do Brasil

Brasil

Meu Brasil brasileiro

Meu mulato inzoneiro

Vou cantar-te nos meus versos

 

O Brasil, samba que dá

Bamboleio que faz gingar

O Brasil do meu amor

Terra de Nosso Senhor

Brasil! Pra mim! Pra mim, pra mim!

 

Ah! Abre a cortina do passado

Tira a mãe preta do Cerrado

Bota o rei congo do congado

Brasil! Pra mim!

 

Deixa cantar de novo o trovador

A merencória luz da lua

Toda canção do meu amor

Quero ver a sá dona caminhando

Pelos salões arrastando

O seu vestido rendado

Brasil! Pra mim, pra mim, pra mim!

ARY BARROSO. Aquarela do Brasil, 1939 (fragmento).

Muito usual no Estado Novo de Vargas, a composição de Ary Barroso é um exemplo típico de

  1. música de sátira.
  2. samba exaltação.
  3. hino revolucionário.
  4. propaganda eleitoral.
  5. marchinha de protesto.

Comentário da questão

A política nacionalista de Vargas incentivava músicas que exaltavam as belezas e virtudes do Brasil e do brasileiro, podemos ver que esse aspecto também se aplica ao pensamento trabalhista do presidente com composições que mostraram e incentivaram a disciplina do trabalhador. Boa parte desse trabalho do estado era através do DIP (Depto. de Imprensa e Propaganda), esses órgãos que eram muito comuns em regimes totalitários eram a base da dominação ideológica dos grandes ditadores.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção B

Questões correspondentes

12 28 18

Assunto

Estado Novo

Getúlio Vargas

Música