Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 90

Companheira viajante
Suavemente revelada? Bem no interior de nossas células, uma clandestina e estranha alma existe. Silenciosamente, ela trama e aparece cumprindo seus afazeres domésticos cotidianos, descobrindo seu nicho especial em nossa fogosa cozinha metabólica, mantendo entropia em apuros, em ciclos variáveis noturnos e diurnos. Contudo, raramente ela nos acende, apesar de sua fornalha consumi-la. Sua origem? Microbiana, supomos. Julga-se adapta da às células eucariontes, considerando-se como escrava – uma serva a serviço de nossa verdadeira evolução.

McMURRAY, W. C. The traveler. Trends In Blochcmical Sciences, 1994 (adaptado).

A organela celular descrita de forma poética no texto é o(a)

  1. centríolo.
  2. lisossomo.
  3. mitocôndria.
  4. complexo golgiense.
  5. retículo endoplasmático liso.

Comentário da questão

O texto fala sobre uma organela que tem relação com o metabolismo, energia e cuja atividade dura tanto durante o dia quanto a noite; além disso, “considerando-se como escrava” dos eucariontes remete à teoria da endossimbiose. A organela que tem essas funções e características é a mitocôndria.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção C

Questões correspondentes

68 51 66

Assunto

Citologia