Questão 91 da prova azul do segundo dia do Enem 2015

Caña

El negro
junto al cañaveral.
El yanqui sobre el cañaveral.
La tierra
bajo el cañaveral.
¡Sangre
que se nos va!

GUILLÉN, N. Sóngoro cosongo. Disponível em: www.cervantesvirtual.com. Acesso em: 28 fev. 2012 (fragmento).

Nesse poema de Nicolás Guillén, no qual o poeta reflete sobre o plantio da cana-de-açúcar na América Latina, as preposições junto, sobre e bajo são usadas para indicar metaforicamente:

  1. desordens na organização da lavoura de cana-de-açúcar.
  2. relações diplomáticas entre os países produtores de cana-de-açúcar.
  3. localidades da América Latina nas quais a cana-de-açúcar é cultivada.
  4. relações sociais dos indivíduos que vivem do plantio da cana-de-açúcar.
  5. funções particulares de cada profissional na lavoura da cana-de-açúcar.

Comentário da questão

O poema fala sobre o plantio da cana-de-açúcar e o papel de cada um nessa atividade.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção D

Questões correspondentes

95 93 95 0

Assunto

Interpretação de texto