Questão 44

A crescente intelectualização e racionalização não indicam um conhecimento maior e geral das condições sob as quais vivemos. Significa a crença em que, se quiséssemos, poderíamos ter esse conhecimento a qualquer momento. Não há forças misteriosas incalculáveis; podemos dominar todas as coisas pelo cálculo.

WEBER, M. A ciência como vocação. In: GERTH, H.; MILLS, W. (Org.). Max Weber: ensaios de sociologia. Rio de Janeiro: Zahar, 1979 (adaptado).

Tal como apresentada no texto, a proposição de Max Weber a respeito do processo de desencantamento do mundo evidencia o(a)

  1. progresso civilizatório como decorrência da expansão do industrialismo.
  2. extinção do pensamento mítico como um desdobramento do capitalismo.
  3. emancipação como consequência do processo de racionalização da vida.
  4. afastamento de crenças tradicionais como uma característica da modernidade.
  5. fim do monoteísmo como condição para a consolidação da ciência.

Comentário da questão

O texto de Weber mostra a transição do pensamento antigo para o moderno diante das alterações históricas ocorridas no período, como Revolução Industrial, surgimento do capitalismo, entre outros. Assim, há um afastamento em relação às crenças mais antigas.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção D

Questões correspondentes

40 03 09 0

Assunto

Política

Weber