Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 129

Verbo ser

QUE VAI SER quando crescer? Vivem perguntando em redor. Que é ser? É ter um corpo, um jeito, um nome? Tenho os três. E sou? Tenho de mudar quando crescer? Usar outro nome, corpo e jeito? Ou a gente só principia a ser quando cresce? É terrível, ser? Dói? É bom? É triste? Ser: pronunciado tão depressa, e cabe tantas coisas? Repito: ser, ser, ser. Er. R. Que vou ser quando crescer? Sou obrigado a? Posso escolher? Não dá para entender. Não vou ser. Não quero ser. Vou crescer assim mesmo. Sem ser. Esquecer.

ANDRADE, C. D. Poesia e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1992.

A inquietação existencial do autor com a autoimagem corporal e a sua corporeidade se desdobra em questões existenciais que têm origem

  1. no conflito do padrão corporal imposto contra as convicções de ser autêntico e singular.
  2. na aceitação das imposições da sociedade seguindo a influência de outros.
  3. na confiança no futuro, ofuscada pelas tradições e culturas familiares.
  4. no anseio de divulgar hábitos enraizados, negligenciados por seus antepassados.
  5. na certeza da exclusão, revelada pela indiferença de seus pares.

Comentário da questão

Por meio dos questionamentos feitos pelo próprio narrador ao longo do texto, nota-se, também, uma reflexão sobre o vigente padrão corporal imposto e a necessidade de distorcer essa visão, valorizando a autenticidade e o desejo de se expressar, sem se importar em aceitar o ponto de vista alheio.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção A

Questões correspondentes

100 96 109 0

Assunto

Interpretação Textual