Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão

TEXTO I
Em março de 2004, o Brasil reconheceu na Organização das Nações Unidas a existência, no país, de pelo menos 25 mil pessoas em condição análoga à escravidão ― e esse é um índice considerado otimista. De 1995 a agosto de 2009, cerca de 35 mil pessoas foram libertadas em ações dos grupos móveis de fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego.

Mentiras mais contadas sobre trabalho escravo. Disponível em: www.reporterbrasil.com.br. Acesso em: 22 ago. 2011 (adaptado).

TEXTO II
O Brasil subiu quatro posições entre 2009 e 2010 no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) divulgado pelo Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento. Mas, se o IDH levasse em conta apenas a questão da escolaridade, a posição do Brasil no ranking mundial ficaria pior, passando de 73 para 93.

UCHINAKA, F.; CHAVES-SCARELLI, T. Brasil é o país que mais avança, apesar da variável “educação” puxar IDH para baixo. Disponível em: http://noticias.uol.com.br.
Acesso em: 22 ago. 2011 (adaptado)

Estão sugeridas nos textos duas situações de exclusão social, cuja superação exige, respectivamente, medidas de

  1. redução de impostos e políticas de ações afirmativas.
  2. geração de empregos e aprimoramento do poder judiciário.
  3. fiscalização do Estado e incremento da educação nacional.
  4. nacionalização de empresas e aumento da distribuição de renda.
  5. sindicalização dos trabalhadores e contenção da migração interna.

Comentário da questão

Podemos perceber que o primeiro se trata do trabalho escravo e o segundo fala sobre os baixos índices de escolaridade. O comando da questão pede duas alternativas que atendam, respectivamente, os problemas dos textos.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção C

Questões correspondentes

0 0 45 0

Assunto