Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão

Foi sempre um gaúcho quebralhão, e despilchado sempre, por ser muito de mãos abertas. Se numa mesa de primeira ganhava uma ponchada de balastracas, reunia a gurizada da casa, fazia pi! pi! pi! como pra galinhas e semeava as moedas, rindo-se do formigueiro que a miuçada formava, catando as pratas no terreiro. Gostava de sentar um laçaço num cachorro, mas desses laçaços de apanhar da palheta à virilha, e puxado a valer, tanto que o bicho que o tomava, de tanto sentir dor, e lombeando-se, depois de disparar um pouco é que gritava, num caim! caim! caim! de desespero.

LOPES NETO, J. S. Contrabandista. In: SALES, H. (org). Antologia de contos brasileiros. Rio de Janeiro: Ediouro, 2001 (adaptado).

A língua falada no Brasil apresenta vasta diversidade, que se manifesta de acordo com o lugar, a faixa etária, a classe social, entre outros elementos. No fragmento do texto literário, a variação linguística destaca-se

  1. por inovar na organização das estruturas sintáticas.
  2. pelo uso de vocabulário marcadamente regionalista.
  3. por distinguir, no diálogo, a origem social dos falantes.
  4. por adotar uma grafia típica do padrão culto, na escrita.
  5. pelo entrelaçamento de falas de crianças e adultos.

Comentário da questão

O texto utiliza em dois momentos uma escrita não-padrão – reproduzindo os sons da fala na escrita – para representar os regionalismos da fala  do “gaúcho quebralhão”. Por isso, a alternativa correta é a letra B.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção B

Questões correspondentes

0 0 121 0

Assunto