Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão

Há 500 anos, desde a chegada do colonizador português, começaram as lutas contra o cativeiro e consequentemente contra o cativeiro da terra, contra a expulsão, que marcam as lutas dos trabalhadores. Das lutas dos povos indígenas, dos escravos e dos trabalhadores livres e, desde o final do século passado, dos imigrantes, desenvolveram-se as lutas camponesas pela terra.

FERNANDES, B. M. Brasil: 500 anos de luta pela terra.
Revista de Cultura Vozes. Nº 2, 1999 (adaptado).

Os processos sociais e econômicos que deram origem e conformaram a identidade do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) têm em suas raízes mudanças relacionadas

  1. à distribuição de terras expropriadas dos grupos multinacionais e partilhadas entre os trabalhadores rurais.
  2. à política neoliberal, que proporcionou investimentos no campo e reduziu os conflitos fundiários.
  3. à migração de trabalhadores rurais brasileiros para o Paraguai, com o objetivo de cultivar soja.
  4. ao crescimento da luta pela terra e da implantação de assentamentos.
  5. à luta pelo acesso e permanência na terra, que passou da esfera nacional para a local.

Comentário da questão

A  concentração de terras no Brasil é oriunda de um processo histórico, o MST (movimento dos trabalhadores sem terra) surge no final de década de 1980, com objetivo de pressionar o Estado para realizar a reforma agrária. O movimento ganhou notoriedade na década de 1990, utilizando as ocupações de terra como forma de pressionar a realização da reforma agrária através da criação de assentamentos rurais.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção D

Questões correspondentes

0 0 08 0

Assunto

Concentração fundiária

Reforma agrária