Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 37

Sabe-se que o olho humano não consegue diferenciar componentes de cores e vê apenas a cor resultante, diferentemente do ouvido, que consegue distinguir, por exemplo, dois instrumentos diferentes tocados simultaneamente. Os raios luminosos do espectro visível, que têm comprimento de onda entre 380 nm e 780 nm, incidem na córnea, passam pelo cristalino e são projetados na retina. Na retina, encontram-se dois tipos de fotorreceptores, os cones e os bastonetes, que convertem a cor e a intensidade da luz recebida em impulsos nervosos. Os cones distinguem as cores primárias: vermelho, verde e azul, e os bastonetes diferenciam apenas níveis de intensidade, sem separar comprimentos de onda. Os impulsos nervosos produzidos são enviados ao cérebro por meio do nervo óptico, para que se dê a percepção da imagem.

Um indivíduo que, por alguma deficiência, não consegue captar as informações transmitidas pelos cones, perceberá um objeto branco, iluminado apenas por luz vermelha, como

  1. um objeto indefinido, pois as células que captam a luz estão inativas.
  2. um objeto rosa, pois haverá mistura da luz vermelha com o branco do objeto.
  3. um objeto verde, pois o olho não consegue diferenciar componentes de cores.
  4. um objeto cinza, pois os bastonetes captam luminosidade, porém não diferenciam cor.
  5. um objeto vermelho, pois a retina capta a luz refletida pelo objeto, transformando-a em vermelho.

Comentário da questão

O indivíduo tem uma deficiência nos cones, que são responsáveis pela distinção das cores primárias. No entanto, seus bastonetes, que identificam intensidade luminosa, estão intactos. Sendo assim, será impossível diferenciar a cor, mas será possível diferenciar as intensidades, permitindo observar um objeto cinza.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção D

Questões correspondentes

37 37 37 0

Assunto

Fisiologia Humana