Exclusivo para alunos

Bem-vindo ao Descomplica

Quer assistir este, e todo conteúdo do Descomplica para se preparar para o Enem e outros vestibulares?

Saber mais

ENEM 2018: Questão 47 sobre História Medieval/Baixa Idade Média

Acompanhe a resolução de questões de História do Enem de 2018.

ENEM 2018: Questão 54 sobre Brasil Colonial / Séculos XVI e XVII

ENEM 2018: Questão 55 sobre Mundo Contemporâneo/A Guerra Fria e seus impactos

ENEM 2018: Questão 57 sobre Brasil Império/O Segundo Reinado

ENEM 2018: Questão 58 sobre Brasil República/República Liberal democrática

ENEM 2018: Questão 59 sobre Brasil Colonial/Séculos XVI e XVII

ENEM 2018: Questão 61 sobre Brasil República/ República Liberal democrática

ENEM 2018: Questão 64 sobre Brasil Colonial/Século XVIII

ENEM 2018: Questão 68 sobre Mundo Moderno/América Colonial

ENEM 2018: Questão 69 sobre Brasil República/Regime Civil-militar

Questão 71 sobre Brasil República/ A Primeira República

Questão 74 sobre Brasil República/Era Vargas

Questão 76 sobre Brasil República/ A Primeira República

Questão 84 sobre Brasil República/ A Primeira República

Questão 85 sobre Mundo Antigo/ O Antigo Oriente Próximo

Enem 2018 (prova azul) - História - Questões resolvidas

A prova do ENEM - 2018 cobrou temas tradicionalmente vistos no exame nos últimos anos, referentes aos conteúdos que conhecemos como História do Brasil e História Geral. No entanto, na prova de 2018, pode-se perceber uma maior quantidade de questões que abordam a história do Brasil e da colonização portuguesa, sendo a quantidade de questões sobre História Geral menor que a da prova anterior.

Referente à História do Brasil, o ENEM de 2018 cobrou, como de costume, os impactos da colonização portuguesa na América, com a interpretação de críticas de cronistas à administração colonial, outra sobre a prática e o uso das "bolsas de mandigas" e uma questão sobre a retomada portuguesa da empresa açucareira em Pernambuco. Já no período pós independência, algumas questões abordam o século XIX, com a interpretação de um texto para a identificação de características do abolicionismo, 

No âmbito do período republicano, mais uma vez a prova trouxe questões sobre a República Oligárquica, Era Vargas e período Liberal Democrático. Na fase da Primeira República é onde encontramos o maior número de questões, os temas cobrados foram a Revolta da Chubata, as características da legislação penal da época, relacionado isso ao contexto de modernização urbana, e as fraudes eleitorais do período.Na fase conhecida como Era Vargas, duas questões foram apresentadas, abordando o personalismo e o carisma político do presidente e a conquista do voto feminino em 1932. Já na fase democrática, há uma questão sobre a convergência entre o PSD e a UDN e também temos uma questão sobre o comício da Central realizado por Jango. Enfim, como já era comum nas provas do ENEM de 2018 e dos anos anteriores, o exame voltou a cobrar questões sobre a Ditadura Civil-Militar no Brasil, especificamente sobre o período de redemocratização. 

Nas questões de História Geral, apenas uma aborda temas relativos à Europa pré-Século XIX, mas ainda assim é uma questão com forte interdisciplinaridade com a filosofia, trazendo reflexões sobre o pensamento iluminista e sua relação com o Antigo Regime. Outra questão que também aborda um período anterior ao século XIX, mas não na Europa, é a 68 (prova azul), que demanda características da guerra de conquista espanhola na América. Enfim, duas questões são sobre a Guerra Fria, sendo uma delas bastante objetiva na temática, analisando as relações hierárquicas entre nações dentro de um mesmo bloco e outra que apenas aproveita o contexto para pensar a produção de memória nos museus através da preservação do ônibus de Montgomery que foi boicotado nos protestos de Rosa Parks.