Exclusivo para alunos

Bem-vindo ao Descomplica

Quer assistir este, e todo conteúdo do Descomplica para se preparar para o Enem e outros vestibulares?

Saber mais

Um breve histórico

Acompanhe a aula sobre Classificação periódica dos elementos

Famílias e períodos

Bloco “s”

Bloco “p”

Bloco “d”

Bloco “f”

Classificação segundo as características

Classificação periódica dos elementos

A Tabela Periódica dos elementos químicos, está organizada em função dos números atômicos dos elementos químicos, suas propriedades e características.

 Os elementos na Tabela Periódica estão em ordem crescente de seus números atômicos e podem ser classificados como:

Metais: Na temperatura de 25 °C e pressão de 1 atm eles são sólidos, com exceção do mercúrio (Hg), que é líquido. São bons condutores de calor e eletricidade e possuem brilho, maleabilidade (capacidade de ser moldado) e ductilidade (capacidade de formar fios).

Não metais ou Ametais: Apresentam características opostas às dos metais, pois não são bons condutores de calor e eletricidade e não possuem brilho, com exceção do iodo.

Gases Nobres: São gasosos na temperatura ambiente e encontrados na natureza em sua forma isolada por serem estáveis; a nível médio não formam compostos com outros elementos espontaneamente.

Tabela periódica de classificação dos elementos

Tabela periódica de classificação dos elementos

 

Existem outras classificações para os elementos, eles são divididos em períodos e famílias.

Períodos → Linhas horizontais da tabela, no total são sete. Em termos de distribuição eletrônica, o período refere-se às quantidades de camadas de um átomo eletricamente neutro (estado fundamental) possui. 

Exemplo:

Be – Situado no segundo periodo, possui duas camadas, K e L.

Cs – Situado no sexto periodo, possui seis camadas, K, L, M, N, O e P.

Grupo ou famílias → Linhas verticais da tabela, no total são dezoito. Atualmente os grupos são identificados pelos números de 1 a 18, contudo, há uma maneira mais antiga e ainda usual: divisão em sub-grupos ou famílias. Elementos representativos e de transição

Nos elementos representativos, ou seja, os grupos 1, 2 e de 13 a 18, o elétron mais energético está no subnível s ou p. Já os elementos de transição podem ser divididos em dois grupos distintos: os de transição externa, estando o seu elétron de maior energia no subnível d (se encontram no centro da tabela periódica), e os de transição interna, com o seu elétron de maior energia no subnível f (Se encontram nas duas linhas, que geralmente, estão no inferior de cada tabela).

Nomenclatura das famílias

Grupo 1 (1A) → Metais alcalinos
Grupo 2 (2A) →Metais alcalinos terrosos
Grupos 3 ao 12 (3B ao 2B)→ Elementos ou metais de transição
Grupo 13 (3A) →Família do boro
Grupo 14 (4A) → Família do carbono
Grupo 15 (5A) →Família do nitrogênio
Grupo 16 (6A) →Calcogênios
Grupo 17 (7A)  →Halogênios
Grupo 18 ou 0 (8A) →Gases nobres

 

Atenção!

Vale lembrar que o Hidrogênio não pertence a família 1, mesmo estando na primeira coluna.

O hidrogênio não possui família.

Configuração eletrônica dos elementos na tabela periódica