Voltar

Quer assistir esse e todo conteúdo do Descomplica?

Assine agora o SUPER TÓPICOS DO VESTIBULAR e comece a estudar agora!

90% OFF

De 12x R$ 79,00 por

12x de R$ 7,90

Resumo para o ENEM - Tabela Periódica
Prof. Carlos Vitorino
Sem material de apoio

Introdução

Ligações Moleculares

00:00:00 Descomplica - Química Ligações Moleculares, Carlos Vitorino 00:00:16 As substancias são formadas por uma união de átomos. Por isso é importante saber como que os átomos tendem a se ligar. A ligação é feita ou por ganha e perda de elétrons, ou por compartilhamento de elétrons. Por isso é importante saber a tendência que cada elemento tem a ganhar ou perder elétrons. É importante saber a diferença de um metal e um ametal. 00:00:38 No quadro, há 3 exemplos de como que os átomos podem estabelecer essas ligações químicas: ligação entre o sódio e o cloro, ligação entre o hidrogênio e o cloro, e ligação entre sódio e sódio. Nos 3 casos há tendências distintas. O sódio é um metal e tende a perder elétrons, o cloro é um ametal e tende a ganhar elétrons. Hidrogênio e Cloro tendem a ganhar elétrons. E Sódio com Sódio, o átomo de sódio tende a perder elétrons. 00:01:16 No quadro, vemos o primeiro caso: na ligação entre o sódio (metal, 1 elétron na última camada) e o cloro (ametal, 7 elétrons na última camada), o sódio tende a perder um elétron e o cloro a ganhar um elétron. Então, na natureza, quando um átomo de sódio encontra-se com um átomo de cloro, há uma transferência definitiva de elétrons do sódio para o cloro. Depois disso acontecer, há a formação de íons: o sódio transforma-se em um cátion monovalente (Na+) e o cloro em um ânion monovalente (Cl-). A ligação que forma íons na estrutura é chamada de ligação iônica. Compostos iônicos apresentam algumas propriedades importantes. Para entender as propriedades, é importante conhecer o estado físico, o ponto de fusão e o ponto de ebulição. Compostos iônicos sempre contém íons e os íons de cargas opostas se atraem. E nessa atração, como o sódio não está ligado com um cloro, ele pode atrair não somente um Cl-, mas sim, vários, já que um íon é completamente independente do outro. Assim, teremos como está no quadro, o que é chamado de agregado iônico ou complexo iônico. Um Na+ fica rodeado de íons Cl- e vice-versa. Como há a formação desses agregados iônicos, os compostos iônicos tendem a serem encontrados na natureza no estado sólido, com altos pontos de fusão e ebulição. 00:02:39 Já a ligação entre Hidrogênio e Cloro, ambos querem ganhar elétrons, então eles compartilham os elétrons. Então, a ligação é covalente entre os dois. Assim, o hidrogênio chegaria ao dueto em sua camada de valência e o cloro chegaria aos seus 8 elétrons na sua camada de valência. Para representar a estrutura, para ligações covalentes, usamos um traço (H-Cl). Esse traço nos diz que um hidrogênio está ligado ao cloro e eles são dependentes um do outro. Por isso, nessa estrutura, não se formam íons, mas sim, moléculas. 00:03:44 Como não há aquela tendência às cargas opostas se atraírem, os compostos covalentes tendem a ser encontrados na natureza não no estado sólido, embora haja alguns casos. O normal é que eles não sejam encontrados no estado sólido e apresentam baixos pontos de fusão e ebulição quando comparados aos compostos iônicos. 00:04:10 Se for ligar sódio com sódio, a fim de fazer uma barra de metal: os metais são encontrados no ambiente no estado sólido, com exceção do mercúrio, que é líquido. Por isso, há um certo tipo de ligação entre os átomos em uma barra de metal. Mas átomos de sódio tendem a perder elétrons. Mas, se considerarmos como está no quadro, diversos átomos de sódio na mesma estrutura, a probabilidade desses átomos de sódio perderem um elétron é bem grande. Sendo que, se um átomo perde um elétron, transformando-se em um cátion monovalente, isso induz os outros a fazerem o mesmo, por atração desse elétron por uma carga de sinal oposto, embora esse elétron não seja mais ganho por esse Na+. Então, na estrutura desse metal, encontramos átomos e cátions, com elétrons livres na estrutura, ou seja, sem pertencer a nenhum dos átomos ou cátions na estrutura. Elétrons livres na estrutura molecular é chamado de nuvem eletrônica. O nome desse tipo de ligação é Ligação Metálica. 00:05:37 Propriedades importantes de compostos com ligação metálica: Metais são encontrados em estado sólido (exceto o Mercúrio), com alto ponto de fusão e ebulição, são ótimos condutores de eletricidade.

Polaridade

Exercícios