Voltar

Quer assistir esse e todo conteúdo do Descomplica?

Assine agora o SUPER TÓPICOS DO VESTIBULAR e comece a estudar agora!

90% OFF

De 12x R$ 79,00 por

12x de R$ 7,90

Resumo para o Enem: Estrutura Atômica
Prof. Carlos Vitorino
Sem material de apoio

Modelos atômicos, átomos e íons

Nº atômico, Nº de massa, Isótopos, Isótonos

Distribuição Eletrônica

Radioatividade 1

00:00:00 Descomplica - Química Radioatividade 1, Carlos Vitorino 00:00:19 Existem alguns átomos que são chamados de radioativos. Radioatividade é um fenômeno nuclear, isto é, acontece somente no núcleo do átomo. É como se o núcleo do átomo com o passar do tempo, fosse emitindo partes para se estabilizar de uma maneira melhor. É um fenômeno para os átomos chamados instáveis no núcleo. 00:00:42 Exemplo no quadro: o átomo de polônio 21084Po é radioativo, isto é, é instável na natureza. Ao passar um tempo, ele fica mais estável fazendo uma transmutação nucelar. Ele se transforma no núcleo de 20682Pb. Para isso acontecer, ele deve perder uma parte do seu núcleo. Para facilitar, podemos ver isso através de uma reação química. Todas as reações químicas devem ser balanceadas! 00:01:14 Esse balanceamento segue o que chamamos de Princípio da conservação das massas, ou princípio da conservação das cargas. Então, o total de massa do início (210) deve ser igual ao final do processo. A única coisa que acontecerá é a separação de uma parte da massa do polônio. O 21084Po quando se transforma no 20682Pb, ele manda embora do seu núcleo 4 unidades de massa. A carga nuclear, no início, pelo número atômico, a gente observa que é 84. E, no final, é 82. Isso significa que o polônio emitiu 2 unidades da sua carga nuclear. 00:01:58 Isso é uma nova partícula que apareceu, uma parte pequena de seu núcleo. E as partículas que podem aparecer nas chamadas equações de desintegração radioativas, são partículas alfa e beta. 00:02:29 Identificamos essas partículas como se fossem um núcleo. As partículas contém uma massa e uma carga. Partícula ? tem massa 4 e carga 2 (42?); Partícula ? tem massa 0 e carga -1 (-10?). A partícula beta é como se fosse um elétron nuclear (proveniente do núcleo), pela decomposição de um nêutron. 00:03:00 E a radiação gama (?) não é uma partícula, é somente uma onda eletromagnética, como forma de energia. Já que ela não apresenta massa nem carga (00?). Pois uma partícula radioativa ela está com muita energia e, para ela se estabilizar, ela fica com menos energia. Por isso, ela emite partículas (alfa ou beta) ou então, somente energia eletromagnética (gama). 00:03:25 Para completar uma equação, basta dizer qual partícula que aparece no final. Voltando ao exemplo, um átomo de 21084Po -> 20682Pb, ela emitiu uma partícula 42?. 00:03:44 E ainda podem ser emitidas uma ou mais partículas. Chamamos de alfaemissor aqueles que emitem uma partícula alfa. Se for mais de uma, o enunciado da questão te dirá isso, ou ele pedirá para você calcular, com base no balanço de massas, quantas partículas foram emitidas. 00:04:07 Há transmutações naturais e artificiais (provocadas). Quando o núcleo sozinho sofre uma transmutação, ele emite uma partícula para o processo começar. Quando o núcleo é estável, e ele vai sofrer uma transmutação, o processo deverá ser provocado. Dizemos que o processo é provocado por um bombardeamento do núcleo. Exemplo (no quadro): Transmutação de 147N + 10n -> 146C 00:04:49 Lembre-se que já há partículas subatômicas que já conhecemos: prótons e nêutrons e eles podem ser utilizados para bombardear um núcleo e causar uma transmutação. 00:05:29 Mas a equação não está balanceada, pois há mais massa na parte dos reagentes do que nos produtos e o número atômico se alterou. Então, adicionamos ao lado do carbono um próton (11p), balanceando a equação.

Radioatividade 2

Questões