Voltar

Quer assistir esse e todo conteúdo do Descomplica?

Assine agora o SUPER TÓPICOS DO VESTIBULAR e comece a estudar agora!

90% OFF

De 12x R$ 79,00 por

12x de R$ 7,90

Geometria Espacial - Sólidos de Revolução
Prof. Gláucio Pitanga
Sem material de apoio

Geometria Espacial - Sólidos de Revolução: Área do Cilindro

Geometria Espacial - Sólidos de Revolução: Volume do Cilindro

Geometria Espacial - Sólidos de Revolução: Cone

00:00:00 Matemática professor Gláucio Pitanga Resumo para o ENEM – Geometria Espacial: Sólidos de revolução – Cone. 00:00:15 Outro sólido de revolução de extrema importância pro ENEM. Assim como o cilindro, o cone também nasce de uma figura plana, no caso de um triangulo retângulo e após a revolução em torno do eixo, forma-se o cone. Um dos catetos, será o raio da base do cone; o outro cateto será a altura e a hipotenusa será o que chamamos de geratriz do cone. Logo, G² = H² + R². 00:01:40 Resumindo: Cone é o sólido de revolução a partir de um triangulo retângulo. 00:02:15 Posso definir o volume desse cone como V = ?R².H/3; Posso ainda definir a área lateral desse cone como Al = ?RG e a área da base é a área da circunferência ?R². Logo a área total será At = ?R(R + G). 00:03:25 Sobre cone eqüilátero. Dado um cone e se encontrarmos um triangulo eqüilátero ao seccionarmos meridionalmente, eu defino que esse é um cone eqüilátero. O lado desse triângulo eqüilátero é o diâmetro da circunferência da base. E a geratriz também é 2R. 00:04:15 primeira conclusão: o diâmetro é igual a geratriz num cone eqüilátero G = 2R. segunda conclusão: a altura do cone é a mesma do triangulo eqüilátero (H = l.?3/2).

Geometria Espacial - Sólidos de Revolução: Esfera