Não se esqueçam da coesão!

25/05/2011 Camila Paula

Pessoal,

Há um tempo eu falei aqui sobre coesão e coerência. No entanto, como estamos no módulo “desenvolvimento“, esse assunto não pode passar batido. Entendam sempre que a coerência é a ligação lógica de idéias em um texto, e ela depende diretamente da coesão. Ou seja, um texto com problemas coesivos, como conectivos usados de forma equivocada, provavelmente, também terá problemas de coerência, dificultando o entendimento por parte do leitor. E se o leitor não entende o seu texto e suas idéias, não tem como vocês tirarem uma boa nota. Entenderam a importância?

Bem, vamos lá! A coesão é a responsável pelo plano formal do texto. Ou seja, é a correta ordenação de idéias de maneira formal e gramatical. Para isso, temos que lançar mão de recursos coesivos, que são inúmeros, como pronomes, advérbios, sinônimos, entre outros. Além de retomar ou antecipar idéias do texto (coesão referêncial), é preciso estabelecer um encadeamento lógico de idéias (coesão sequencial). E não se esqueçam: um dos maiores erros coesivos é a repetição de palavras! Para isso, tais recursos coesivos devem ser usados.

Alguns conectivos são muito usados em parágrafos de desenvolvimento, como “Em primeiro lugar”, “Além disso”, “Por fim”… e na conclusão: “Portanto”, “Dessa maneira”, “Assim, sendo”, entre outros. Eles são muito importantes para estabelecerem “ganchos” semânticos, e garantirem a continuação do raciocínio.

Hoje terminamos o módulo “desenvolvimento”. No próximo post, começo a falar sobre a conclusão! Até lá!

Camila Paula

Camila Paula escreveu 2657 artigos

0 Comentários para este artigo

  • lucas félix
    26/10/2012

    Muito bom, obrigado!

Deixe o seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *