Blog Descomplica

Você sabe como funciona uma radiologia odontológica?

A radiologia odontológica é uma especialização fundamental para ajudar no diagnóstico de doenças bucais. Saiba tudo sobre o assunto!
porDescomplica| 28/09/2021

Compartilhe

A radiologia odontológica é uma especialização da saúde essencial pra ajudar no diagnóstico de doenças que afetam a boca.

É por meio dela que os profissionais conseguem examinar a fundo tanto os dentes quanto outras estruturas do rosto. Assim, conseguem indicar o tratamento mais adequado.

Aliás, grande parte dos procedimentos nos consultórios odontológicos só podem ser feitos com segurança, eficiência e precisão depois da análise de um raio-x da boca. Mas, como essa atividade funciona na prática e quais profissionais estão aptos a realizá-la?

A gente descomplicou o assunto neste post. Acompanhe até o final e descubra o que é, o que o profissional faz e como seguir nessa carreira!

radiologia odontológica – profissional segurando radiografia de dente

O que é radiologia odontológica?

Antes de mais nada, a gente precisa entender bem o que é odontologia ou medicina dentária, como também é chamada.

Trata-se de uma área responsável pela prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças que podem surgir na boca. Como é uma região muito pequena, às vezes, é preciso realizar alguns procedimentos pra que o profissional consiga examinar melhor.

Um desses exames é a radiografia odontológica, que utiliza imagens de raio-x pra examinar as estruturas do rosto, ou seja, dentes e ossos da face, incluindo maxilar e mandíbula.

Desse modo, é uma das ferramentas mais eficientes pros dentistas, pois permite identificar problemas não visíveis a olho nu. Além de fornecer imagens de todos os dentes de uma só vez, inclusive os que ainda não estão visíveis.

No entanto, ela não se limita às imagens da radiografia tradicional, mas também da digital, tomografia convencional, tomografia computadorizada, ressonância magnética e ultrassonografia. Também não se resume apenas à obtenção de imagens, pois inclui a interpretação e emissão de laudo.

Com base nas imagens e no laudo, o dentista vai poder detectar problemas e iniciar o tratamento adequado a cada paciente. Então, a radiologia odontológica é fundamental pra muitas situações, sendo que as principais são:

  • verificar as estruturas anatômicas;
  • examinar inflamações, anormalidades e alguns tipos de tumores;
  • realizar o planejamento pré-operatório de uma cirurgia facial, maxilar ou bucal;
  • iniciar um tratamento ortodôntico;
  • analisar fraturas na face;
  • avaliar a condição óssea pra realização de implantes;
  • detectar distúrbios da articulação temporomandibular, entre outros.
paciente na máquina de radiologia odontológica

Quais são os tipos de radiografia odontológica?

A gente pode encontrar dois tipos principais de radiografia odontológica:

  • intrabucal ou intraoral — que examina a parte interna da boca do paciente. Pra isso, conta com técnicas específicas pra cada tipo de diagnóstico. Esse tipo de exame permite a análise desde a coroa do dente até o fim da raiz;
  • extrabucal ou extraoral — que capta imagens da parte externa da boca, também conhecida como radiografia panorâmica e possibilita a visualização do maxilar inferior e superior, bem como as articulações.

Dentro dessas categorias, ainda há outros tipos. A principal razão pra isso é que existem técnicas específicas pra cada diagnóstico. Por exemplo, em alguns casos, o profissional precisa analisar de perto algum dente ou estrutura. Em outros, basta um contexto geral da arcada dentária.

A seguir, confira alguns exames feitos através da radiologia odontológica.

Periapical

Permite a visualização detalhada de um dente ou de um grupo de dentes. Ou seja, fornece a imagem desde a parte superior do dente até o osso onde ele se apoia. É o tipo ideal pra analisar coroas e raízes, detectar cáries ou lesões na região.

Interproximal

Fornece a imagem das arcadas superior e inferior. Assim, ajuda o dentista a visualizar como as duas partes se tocam durante a mastigação. Além disso, também ajuda na identificação de cáries nas faces interproximais.

Panorâmica

Dá uma visualização geral do paciente, isto é, de todos os dentes, das mandíbulas e suas articulações, área nasal e seios nasais. Pra isso, utiliza-se um equipamento que gira ao redor do crânio, formando uma imagem panorâmica.

Oclusal

Nesse tipo de radiografia aparece nitidamente o assoalho da boca. Logo, ajuda a descobrir dentes extras ou aqueles que ainda não nasceram.

radiologia odontológica – profissional analisando radiografia bucal de paciente

O que o profissional de radiologia odontológica faz?

Além de operar os equipamentos, o profissional ainda tem outras funções, como:

  • calibrar equipamentos;
  • registrar exames;
  • imobilizar o paciente;
  • fazer a assepsia do local;
  • isolar a área de trabalho;
  • acompanhar as reações do paciente;
  • analisar a qualidade das imagens;
  • submeter os exames à análise médica, entre outras atividades.
radiologia odontológica – profissional segurando tablet com prótese virtual

Como se tornar um profissional de radiologia odontológica?

Como você viu, trata-se de um exame fundamental pra muitos procedimentos realizados por dentistas. Por isso, é uma área da saúde que oferece um grande mercado pros profissionais. Quer saber como trabalhar nesse campo?

Antes de tudo, é preciso fazer um curso técnico ou tecnólogo em Radiologia. O primeiro é de nível médio, enquanto o segundo é de nível superior.

Contudo, os dois ensinam a operar os equipamentos, a entender como funcionam, também a fazer diagnósticos por imagem pra elaborar os laudos e dominar os processos.

A principal diferença entre os dois é a abordagem. Ou seja, o técnico ensina principalmente a operar as máquinas. Por sua vez, o tecnólogo ensina também a gerenciar equipes, desenvolver pesquisas e dar apoio a outros profissionais da área da saúde.

Além disso, a duração é diferente pros dois cursos: o técnico dura cerca de 1 ano e meio, enquanto o tecnólogo tem duração de, aproximadamente, 3 anos. Ambos abordam a Radiologia Odontológica ao longo do curso.

Entretanto, se você quer se tornar um profissional ainda melhor, o ideal é realizar uma pós em Radiologia Odontológica e Imaginologia. Pra isso, você deve antes fazer uma graduação na área, ou seja, curso tecnólogo em Radiologia.

Dessa forma, você vai estar ainda mais preparado pra atuar na área e, ainda, vai ter um diferencial competitivo importante, aumentando as chances de conquistar um lugar de destaque no mercado.

Veja também: Você sabe o que é a Endodontia? Confira o que faz o profissional da área

radiologia odontológica – profissional segurando radiografia bucal

Qual é o salário de um radiologista odontológico?

O salário de um técnico em radiologia odontológica é de R$ 2.200 em média pra uma jornada de trabalho de 28 horas semanais. Enquanto isso, o teto fica em torno de R$ 3.600.

Porém, vale lembrar que, dependendo de onde você trabalhar, poderá ganhar ainda mais. Ainda pode haver adicionais como comissões, insalubridade, horas extras, bonificação, entre outros.

Portanto, a radiologia odontológica é um campo promissor pra quem quer ingressar na carreira. Logo, se você se identificou com a atividade, não deixe de se capacitar. Uma ótima opção é fazer uma pós a distância. Assim, você pode adaptar os estudos a sua rotina e, ainda, ter uma especialização de qualidade.

Gostou da ideia? Então, vem fazer a pós em Radiologia Odontológica e Imaginologia com a gente!

Comentários

ícone de atenção ao erroícone de atenção ao erroícone de atenção ao erro
Quer receber novidades em primeira mão?
Prontinho! Você receberá novidades na sua caixa de entrada.

Veja também

Separamos alguns conteúdos pra você

logo descomplica