Mapa Mental: Concordância e Regência Nominal

26/08/2016 Anna Taborda

Você não pode ir para sua prova com dúvidas em Concordância e Regência Nominal! Fique por dentro de tudo com estes mapas mentais <3regencia nominal

regencia nominal

 

regencia nominalAgora que você já sabe tudo sobre concordância e regência nominal, que tal aprender um pouco sobre concordância verbal?

Ocorre concordância verbal quando o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito.

Vamos ver alguns casos?

Sujeito simples

  • Regra geral: O verbo concorda com o núcleo do sujeito em número e pessoa. Ex: Eles são legais.
  • Casos especiais:
  1. Quando o sujeito é um coletivo, o verbo fica no singular. Ex: A multidão gritava.
  2. Se o coletivo vier especificado, o verbo pode ficar no singular ou ir para o plural. Ex: A multidão de fãs gritava. / A multidão de fãs gritavam.
  3. Quando o sujeito é formado por uma expressão partitiva (metade de, a maioria de, etc.), o verbo fica no singular (concordância lógica) ou vai para o plural (concordância atrativa). Ex: A maioria das pessoas foi à festa. / A maioria das pessoas foram à festa.
  4. Quando o sujeito é um pronome de tratamento, o verbo fica sempre na 3ª pessoa (do singular ou do plural). Ex: Vossa alteza pediu silêncio. / Vossas altezas pediram silêncio.
  5. Quando o sujeito é o pronome relativo “que”, o verbo concorda com o antecedente do pronome. Ex: Fui eu que derramei água. / Fomos nós que derramamos água.
  6. Quando o sujeito é o pronome relativo “quem”, o verbo pode ficar na 3ª pessoa do singular ou concordar com o antecedente do pronome. Ex: Fui eu quem te deu amor. / Fui eu quem te dei amor.
  7. Quando o sujeito é um pronome interrogativo ou indefinido plural (quais, quantos, alguns, poucos, muitos, quaisquer, vários) seguido por “de nós” ou “de vós”, o verbo pode concordar com o primeiro pronome (na terceira pessoa do plural) ou com o pronome pessoal. Ex: Quantos de nós somos capazes? / Quantos de nós são capazes?
  8. Quando o sujeito é formado de nomes que só aparecem no plural, se o sujeito não vier precedido de artigo, o verbo ficará no singular. Caso venha antecipado de artigo, o verbo concordará com o artigo. Ex: Estados Unidos é uma nação poderosa. / Os Estados Unidos são a maior potência mundial.
  9. Quando o sujeito é formado por expressão que indica quantidade aproximada (cerca de, mais de, menos de, perto de…) seguida de numeral e substantivo, o verbo concorda com o substantivo. Ex: Mais de um aluno não compareceu à prova. / Mais de dois alunos não compareceram à prova.
  10. Quando o sujeito é formado por uma expressão que indica porcentagem seguida de substantivo, o verbo deve concordar com o substantivo. Ex: 25% do orçamento do país deve destinar-se à Educação. / 1% dos alunos faltaram à prova.

QUER FICAR POR DENTRO DE TUDO SOBRE CONCORDÂNCIA VERBAL? CLIQUE AQUI E CONFIRA NOSSO RESUMO.

Anna Taborda

Anna Taborda escreveu 839 artigos

Deixe o seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *