• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Vídeo Aula: Conflitos no Campo

Olá, pessoal!

Como foram de fim de semana? Deu para descansar e descontrair a cabeça? Então, agora mãos à obra!

Na aula de hoje falaremos a respeito dos conflitos no campo. Você está ligado nas principais questões que envolvem esse tema? Tem ideia de quais são as motivações para esse evento? Não? Então, vem que a gente Descomplica!

Uma excelente aula a todos!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uSciezkpknc&list=PL84C9027DA7F44CF5&index=11&feature=plpp_video[/youtube]

Transcrição:

00:00 Geografia
Conflitos no Campo – Cena 1
Professor: Gabriel Vogt
00:10 Nessa aula, abordaremos um tema em que a primeira parte já foi abordada, presente no módulo da questão agrária, onde foi discutida a questão da concentração fundiária, conflitos no campo e políticas de reforma agrária.
00:30 Agora, vamos analisar a questão da relevância da reforma agrária. Vamos revisar um pouco o que foi dito no último módulo.
A grande mudança na questão do campo brasileiro acontece a partir da constituição de 1988, a qual inclui na constituição brasileira o conceito de terra improdutiva. Esse conceito está ligado ao conceito de função social da terra. Se você vir uma terra e ela estiver parada, isso é contra a lei, pois uma terra deve sempre estar produzindo alimento.
1:30 Nesses casos, o trabalhador rural ocupa a terra improdutiva por esta não estar cumprindo a sua função social. A grande novidade a partir de 1988 é que a terra que não estiver cumprindo a sua função social será desapropriada, sendo essa uma medida que deveria determinar um avanço no processo de desconcentração fundiária no Brasil.
2:00 No entanto, o que é visto é o processo de marginalização do trabalhador rural.
Analisando a história brasileira, toda história do campo brasileiro é marcada por dois elementos: expropriação e exclusão social.
2:30 Assim, a partir de 1850, a terra no Brasil vira um bem mercadológico, sendo adquirida somente pelas elites. O processo de marginalização será construído pela mídia e pelo Estado.
Vamos analisar a dinâmica da mídia e do Estado nesse processo.
3:00 Tanto o Estado quanto os meios de comunicação do Brasil são controlados e administrados pelas elites brasileiras.