• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Vídeo Aula: A Economia Açucareira

Olá, meus amigos!

Como andam os estudos? Muito díficil?

Fica tranquilo que a gente Descomplica! Como vocês viram no Twitter @descomplica, na nossa Fanpage, na Newsletter semanal…

Portanto, vamos correr, mas sem pânico =)

Hoje separei uma vídeo aula do site Descomplica em que o professor Renato Pellizzari descomplica tudo sobre a economia açucareira do Brasil colonial! Vamos começar?Boa aula!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Ukf2aXi48wA[/youtube]

Transcrição:

00:00 História – A Economia Açucareira – Exercícios 1

Professor: Renato Pellizzari

00:10 Nesse vídeo, falaremos de mais um capítulo da formação econômica do Brasil colônia. Falemos da formação da primeira empresa colonial portuguesa: a empresa açucareira.

00:30 Por que o açúcar era alvo de cobiça dos europeus? A princípio, esse produto era originário da Índia, considerado raro e com isso, caro. Desse modo, complementava perfeitamente os interesses mercantilistas da metrópole, Portugal.

1:40 Além disso, havia o acúmulo de experiência dos portugueses nas ilhas atlânticas de Madeira e Açores. Soma-se a isso a alta lucratividade no mercado europeu e a capacidade de fixar o colono à terra.

2:20 Para complementar, é importante ressaltar a presença de terra roxa (solo de Massapê) em nosso território e o clima propício para o plantio.

2:40 Agora, vamos revisar os porquês da escolha das canas-de-açúcar, da empresa açucareira. Primeiramente, atende aos interesses da metrópole, logo, aos interesses mercantilistas. Segundo, a alta lucratividade do açúcar no mercado europeu . Além disso, a experiência nas ilhas africanas de Açores e Madeira, oclima e a terra roxa favoreceram a produção de cana-de-açúcar no Brasil colônia. Por fim, o açúcar era capaz de resolver um dos problemas da colonização portuguesa: fixar, definitivamente, o colono à terra.

E, aí? Curtiu? Deixe um comentário!

Um grande abraço e até a próxima!

fonte Canal Descomplica