• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Renascimento – parte 3

Olá, galera!

Preparados pro nosso resumo de hoje?

Não se esqueçam de ver a parte 1 e a parte 2!

Como vimos nos posts anteriores, o fim da Idade Média também significou o fim do seu modo de ver o mundo: o teocentrismo. Com a formação dos Estados Modernos, a mentalidade renascentista pode finalmente substituir a mentalidade medieval.

O RENASCIMENTO CULTURAL (sécs. XIV-XVI)

conjunto de transformações ocorridas nas mentalidades ->substituição do teocentrismo pelo antropocentrismo

1)O humanismo

– Filósofos e escritores buscam novas leituras dos textos clássicos (greco-romanos) -> valorização do raciocínio, da razão

– Recuperação de obras clássicas

2) O “berço” do renascimento

– Península itálica

– Motivos:

* Riqueza das cidades italianas -> presença de mecenas que irão patrocinar os artistas

* Presença de monumentos da Antiguidade

* Rota de comércio entre o Ocidente e o Oriente

* A fuga dos sábios bizantinos para as cidades italianas, com a queda de Constantinopla em 1453

3) Características do renascimento

antropocentrismo

– Valorização da razão

– Inspiração na Antiguidade Clássica

– Separação entre a fé e a razão

– Humanismo

hedonismo

– Valorização do homem e da natureza

–  Individualismo

– Temas das obras: religiosos, mitologia greco-romana, retratos, cenas cotidianas

– Empirismo – observação e experimentação

–  Jogo de claro/escuro

– Tinta a óleo

– Perspectiva

– Movimento

– Simetria

– Volume

– Profundidade

Teto da Capela Sistina, de Michelangelo

Vênus de Milo

David, de Michelangelo

4) Principais diferenças entre a Idade Média e o Renascimento

– Misticismo X racionalismo

– Coletivismo X individualismo

– Teocentrismo X antropocentrismo

– Geocentrismo X heliocentrismo

5) Principais artistas e pensadores

Itália

Leonardo da Vinci

Michelangelo

-Rafael Sanzio

-Sandro Botticeli

-Donatello

Dante Alighieri

Espanha

-El Greco

Miguel de Cervantes

Portugal

-Camões

Inglaterra

Shakespeare

-Thomas Morus

-Francis Bacon

Países Baixos

-irmãos van Eyck

-Pieter Brueghel

Erasmo de Roterdã

E aí, gostaram do resumo?

Alguma sugestão?

Não deixem de comentar!

Bons estudos!