• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Modelo de Redação: O valor do cinema como prática social

cinema-pratica-social

Sabe aquele tema de redação que nós indicamos para você no Plano de Estudos da Semana 21? Ele virou um modelo de redação aqui no blog, feita pela monitora Gianne Frade, para você se inspirar e comparar com a sua própria redação. Confira!

Veja aqui a coletânea de textos completa para este tema e faça já a sua redação: O valor do cinema como prática social


Não é demais dizer que tudo o que consumimos como arte é importante na nossa formação enquanto seres sociais, uma vez que, através dela, adentramos debates e entramos em contato com diversas visões de mundo. O cinema também faz parte dessa bagagem sócio-cultural, não podendo ser desconsiderado como instrumento de formação do que chamamos de prática social – todo o saber que acumulamos ao longo da vida.

Torna-se importante, no entanto, dar voz aos que não o consideram como tal, aos que alegam que o cinema não passa de entretenimento, vazio de conteúdo e voltado puramente para fins comerciais. Guy Debord identificaria essa arte como mais um pilar do que chamamos sociedade do espetáculo, afinal, é isso que, segundo esse ponto de vista, o cinema vem sendo frente às câmeras de Hollywood: um espetáculo que nos entretém. Contudo, esse argumento se torna inconsistente quando analisamos seu objeto mais a fundo e constatamos que, mesmo os filmes frequentemente considerados superficiais, como os de super-herois ou ficções científicas, podem exercer o papel de formador de moral dos seus espectadores, por trazerem noções de bem e mal, certo e errado, dentre outras dicotomias tão conhecidas por nós.

Nesse sentido, uma vez que o cinema se torna um meio eficaz de transmissão de ideias, ele torna possível uma maior difusão de valores da sociedade. Entretanto, essa não é a única função que esse instrumento pode desempenhar. Através dos variados gêneros de filmes podemos colocar em discussão a nossa cultura e ampliar perspectivas sobre diversas outras quando nos debruçamos sobre realidades tão afastadas de nós, retratadas por olhares variados, permitindo, assim, que o debate e as reflexões estejam sempre em realização. Na verdade, outros instrumentos de cultura, como o teatro e a literatura, podem desempenhar estas mesmas funções. No entanto, a arte cinematográfica é mais acessível economicamente e, portanto, mais eficaz, uma vez que tem maior alcance.

O cinema, então, revela ser de extrema importância na nossa formação social, já que ele pode ser uma ferramenta capaz de nos manter em debate, além de transmitir de maneira simples e dinâmica valores que precisam chegar até nos, os seres sociais. Por isso, é essencial que essa arte seja valorizada. Além disso, é necessário garantir que ela chegue a todos os lugares e, assim, cumpra seu papel em larga escala. Desse modo, os subsídios do governo poderiam ser ampliados, para que a criação seja incentivada. Outras instituições, no entanto, devem fazer sua parte. Para tanto, as igrejas, escolas, por exemplo, poderiam exibir filmes dos mais variados gêneros e promover cine-debates nos bairros e cidades. Dessa maneira, garantiríamos que o cinema seja sempre mais que espetáculo.