• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Mapa Mental: Questões Sociais na Redação do Enem

Lei Maria da Penha e Redução da Maioridade Penal são assuntos polêmicos que podem cair no seu vestibular! Saiba mais sobre eles com esse mapa mental sobre Questões Sociais na Redação do Enem e prepare-se para a nota 1000! (:

mapa-red-questoes-sociais-2.1

 

Hoje chegamos ao nosso terceiro Eixo Temático. Dessa vez, um dos mais importantes, já que abraça o maior número de temáticas não só do ENEM, mas de todos os outros vestibulares. Sabemos que toda e qualquer discussão que atinja, de alguma forma, a sociedade pode ser considerada uma questão social. Sabemos, também, que o ENEM costuma propor, em suas provas, discussões que, da mesma forma que o eixo, abordem problemáticas da própria sociedade. Dessa forma, a melhor maneira de começar um material sobre o Eixo Temático de Questões Sociais, sem dúvida, é apontando como podemos analisar, com base no Eixo, algumas das temáticas propostas pelo ENEM. Vamos dar uma olhada? Vamos pegar dois temas abordados pelo ENEM em 2009. Veja!

importante

Tema 1:

ENEM 2009 (prova válida): “O indivíduo frente à ética nacional”

Millôr

Charge de Millôr Fernandes apresentada na proposta de Redação do ENEM 2009

O indivíduo frente à ética nacional discute questões sociais? É óbvio que sim! Só a charge de Millôr reproduzida aqui já diz muita coisa. Vivemos em uma sociedade em que ser honesto é raridade. Quando uma carteira perdida é devolvida por quem a achou, a mídia divulga o caso como se fosse algo anormal, como se não precisasse ser normal. Note que a charge generaliza a corrupção, a desonestidade, quando utiliza o substantivo “gente”. Não há políticos desonestos, não há empresários desonestos, não há ricos desonestos. Há gente desonesta. Existir gente honesta é raro.

Tudo isso é complementado pelo texto de Lia Luft, articulista da revista Veja, que fala sobre o comodismo do brasileiro, que não denuncia o que há de errado na sociedade. Hoje, só denunciamos os grandes problemas, as grandes corrupções, mas deixamos de lado tudo aquilo que passa pelo famoso “jeitinho brasileiro”. Falando em “jeitinho brasileiro”, já deu uma olhada na proposta do Descomplica sobre isso? 🙂

O último texto, de Contardo Calligaris, psicanalista, fala sobre o famoso “eles são corruptos” sem a inclusão de quem fala, ou seja, do hábito da sociedade de apontar os erros dos grandes desonestos e deixar de olhar para os seus próprios problemas. Mais uma vez, falando da desonestidade e do indivíduo frente à ética nacional.

Qual a posição do indivíduo, então? Conformado? Honesto? Desonesto? Deixe sua opinião nos comentários!

VEJA MAIS UMA PROPOSTA DE REDAÇÃO DISCUTIDA AQUI NESSE RESUMO INCRÍVEL!

E, depois, que tal dar uma olhada nos exercícios de vestibular sobre o tema que separamos e comentados para vocês aqui? 🙂