• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Coesão e coerência textual: o que é, mapa mental, resumo e tudo sobre o assunto!

Saber sobre coesão e coerência textual é uma forma de você ter uma boa nota na redação do Enem, ao mesmo tempo em que se garante que vai tirar nota 10 naquela sua prova que já está agendada, certo!?

O primeiro passo antes mesmo de começar a abordar sobre o assunto, é entender quais são as principais diferenças entre coesão e coerência textual e quais são os elementos que estão dentro de cada um dos fatores. 

A coesão nada mais é do que uma ligação entre as frases, o que faz com que elas estejam de acordo com concordância e outros aspectos relacionados à gramática e ortografia. Já em relação à coerência, é sobre a ligação e sentido das ideias. 

A gente vai dar um exemplo super prático das duas: 

Escrever “eles foro” pode ser um erro de coesão porque está relacionado a gramática. No entanto, escrever “eles foram jogar bola, gato, casa, festa”. 

Esse conjunto de palavras está impedindo que se tenha sentido e não é coerente porque se sabe que as pessoas foram jogar bola, mas não se entende o que quer dizer depois disso. 

Entendeu um pouco ou por cima? Fica aqui com a gente porque trouxemos algumas dicas pra te ajudar e sair deste artigo como um expert. 

O que é coesão e coerência textual?

Pessoa escrevendo em uma folha para ilustrar o conteúdo sobre citações para redação

A coesão tem a ver com a gramática, concordância verbal e nominal e demais aspectos relacionados à língua culta. 

Ela serve pra que haja uma relação de harmonia entre todas as partes de um texto e garante que haverá concordância de acordo com o que é previsto pelas regras do Português

Algumas profissões precisam fazer o uso da coesão no dia a dia, principalmente os redatores. 

No entanto, caso alguns erros sejam cometidos, ainda existe o revisor, que geralmente é formado em letras, pra realizar todas as conexões necessárias e deixar o texto ainda mais impecável. 

O ideal é que, na construção de um texto, duas pessoas estejam integradas no projeto. A ligação de uma frase e outra também tem relação com a coesão. Por exemplo: 

  • “Joana lê livros. Joana gosta de jogar bola”;
  • No final, não há nenhuma coesão entre as duas frases porque, inicialmente, elas não têm sentido. No entanto, se consegue resolver a situação apenas adicionado o pronome aditivo E;
  • “Joana lê livros e gosta de jogar bola”.

Muita gente acaba confundindo a coesão com a coerência. No entanto, a coerência nada mais é do que a construção do texto pra que ele faça sentido e não seja contraditório. 

Coerência nem sempre tem algum tipo de relação com a gramática e ortografia. Muitas vezes pode ser acionada quando há controvérsias dentro de uma mesma fala ou texto que fazem com que sua compreensão seja dificultada: 

  • “Ela sempre dizia que o odiava mas estava sempre o visitando!”;
  • Neste caso, a frase é incoerente e o mesmo serve pra atitude da mulher que estava fazendo a visita, visto que não se visita alguém que odeia, ainda mais quando há frequência. 

Mapa mental coesão e coerência textual

Imagem de uma mulher escrevendo em uma máquina de escrever para ilustrar artigo sobre coesão e coerência textual

Segue, abaixo, um mapa mental que foi elaborado pela equipe do Descomplica que mostra um pouco mais sobre as diferenças entre a coesão e coerência textual. 

Mapa Mental: Coesão e Coerência Textual

Quais são as ideias e princípios básicos da coerência? 

Escrivaninha tinta pluma para ilustrar artigo sobre coesão e coerência textual

Existem algumas dicas que podem fazer com que se tenha a construção de um texto que seja mais coerente. Veja!

Princípio da Não Contradição

Você não pode colocar dentro de um texto ideias que são contraditórias. Isso fará com que ele não faça sentido e a pessoa que está lendo não saiba em qual das ideias acreditar. 

Por isso, se está concordando com uma ideia que foi citada anteriormente, nunca use termos como “mas, entretanto, contudo, porém”…

Princípio da Não Tautologia

Ideias redundantes podem tornar a leitura mais cansativa e fazer com que o leitor que está interpretando determinado texto tenha dificuldades em entender o que se deseja passar. 

Você tem que sempre tomar cuidado pra não ficar repetindo a mesma ideia várias vezes dentro de um mesmo texto. Não ache que o leitor não tenha a capacidade de entender o que se deseja falar apenas escrevendo uma vez. 

Princípio da Relevância

Ideias que se relacionam. Em hipótese alguma fique colocando ideias que não fazem sentido dentro de um texto. É a mesma coisa que dizer que o trabalho está pronto e entregue e, depois de algumas linhas, dizer que ele está sendo terminado. 

Atividade sobre coesão e coerência textual

Imagem de uma pessoa escrevendo em um caderno para ilustrar artigo sobre coesão e coerência textual

  1. (Questão que foi baseada no Enem – 2013) Desde o ano de 1743, a epidemia da gripe vem se espalhando em todo mundo, principalmente entre os europeus, que foram um dos responsáveis por realizar as principais contaminações. Do francês, por exemplo, herdamos o termo INFLUENZA que, inclusive, hoje em dia é o nome de um vírus muito conhecido que temos em nosso país. 

Durante a idade média, muitas pessoas acreditaram que a gripe nada mais era do que a influência que os deus tinham sobre os homens. No entanto, foi depois de muitos séculos que se descobriu que isso nada mais era do que um contágio de vírus, que acontecia principalmente por causa da baixa imunidade. Supõe-se que fizesse referência ao modo violento como o vírus se apossa do organismo infectado.

Qual das partes do trecho se pode dizer que há uma coesão de elipse do sujeito? 

  1. A) Supõe-se que fizesse referência ao modo violento como o vírus se apossa do organismo infectado.
  2. B) Durante a idade média, muitas pessoas acreditaram que a gripe nada mais era do que a influência que os deus tinham sobre os homens.
  3. C) Do francês, por exemplo, herdamos o termo INFLUENZA que, inclusive, hoje em dia é o nome de um vírus muito conhecido que temos em nosso país. 
  4. D) No entanto, foi depois de muitos séculos que se descobriu que isso nada mais era do que um contágio de vírus que acontecia principalmente por causa da baixa imunidade.

Resposta: Supõe-se que fizesse referência ao modo violento como o vírus se apossa do organismo infectado.

Neste artigo, abordamos mais sobre o que é coesão e coerência textual é uma atividade pra você praticar os seus conhecimentos. Ficou com alguma dúvida? Comente aqui com a gente! Caso queira ter acesso a um curso completo para te preparar para as provas, conheça o Preparatório da Descomplica!