• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

6 maneiras de arrasar nos exercícios de crase!

Ainda não sabe resolver exercícios de crase? Confira estas 6 dicas e se prepare para arrasar na sua redação!

Muita gente ainda acredita e diz por aí que a crase é impossível de ser entendida. Mas não caia nesse papo, porque essa lista vai te provar que com um pouquinho de estudo e uma rima aqui e ali, você vai arrasar nos exercícios de crase!

1. Diante de masculino, crase é pepino

Tudo bem, a rima não é das melhores, mas gruda na cabeça e não dá mais pra errar. Não devemos usar crase antes de palavras masculinas! Nunca, nunquinha, não mesmo.

2. Palavras repetidas, crase proibida!

Agora ficou fácil de entender, absorver, gravar, levar pra vida que não se usa crase em expressões com palavras repetidas, como “dia a dia”, “de orelha a orelha”, “gota a gota”, “cara a cara”.

3. Vou a, volto da, crase há / Vou a, volto de, crase pra quê?

Vamos viajar certinho agora!

Ah, essa é mole! Vou à Bahia, volto da Bahia. Vou a Sergipe, volto de Sergipe. Mas por que quando é “volto da” tem crase? Vamos lá! Sempre acontece crase quando a palavra é feminina, admite artigo feminino e o termo anterior a ela pede o uso da preposição “a”.

4. Quando for a hora, crase sem demora

Hora marcada, como em “A festa começa às 21h”, sempre tem crase. Uma dica é substituir a hora por “ao meio dia”, pode colocar o acento grave sem problema.

5. Sendo à moda de, crase vai vencer

Sempre que a expressão “à moda de” estiver subentendida, como acontece em “escrita à Machado de Assis” (escrita à moda de Machado de Assis).

6. Adverbial, feminina e locução? Coloque crase, meu irmão!

Quando temos locuções adverbiais femininas como “No final da rua, vire à esquerda”, “Às vezes é preciso esperar”, “À medida que o tempo passa, as pessoas ficam mais experientes”, “O barco ficou à deriva até ser resgatado.”