• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Como ser Sherlock Holmes e identificar uma redação exemplar em 4 passos

Não há nenhum mistério que não possa ser descoberto por ele. Sherlock Holmes é capaz de descobrir tudo e procurar nos mínimos detalhes os fatores mais importantes para você tirar 1000 na prova de redação do ENEM.

1- O crime vai pagar…

E você também se não ler e adquirir conhecimento de mundo como o Sherlock, porque essas informações vão ser muito importantes para a contextualização da situação problema apresentada no tema e na exposição da tese. O tema do ENEM 2011 foi “Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado” e uma participante contextualizou o tema e relacionou sua tese com o livro de George Orwell, mostrando seu ponto de vista de que a internet é uma forma atual de manipulação.

“Câmeras que gravam qualquer movimento, telas transmitindo notícias a todo minuto, o Estado e a mídia controlando os cidadãos. O mundo idealizado por George Orwell em seu romance 1984, onde aparelhos denominados teletelas controlam os habitantes de Oceania vem se tornando realidade. Com a televisão e, principalmente, a internet, somos influenciados – para não dizer manipulados – todos os dias.”

Aprenda com o Sherlock!

 

2- Elementar, meu caro Watson… Tem que ter argumentos!

A participante do ENEM, apresenta 3 argumentos negativos contra o tema apresentado e em cada parágrafo relaciona a ação das redes sociais a diferentes argumentos, através de tópico frasal e sua ampliação. Além disso, é possível notar o desencadeamento lógico de ideias desenvolvendo o tema de forma coerente.

“Tal influência ocorre, majoritariamente, através da mídia e da propaganda. Com elas, padrões de vida são disseminados a uma velocidade assombrosa, fazendo a sociedade, muitas vezes privada de consciência crítica, absorvê-los e incorporá-los como ideais próprios. Desse modo, deixamos de ter opinião particular para seguir os modelos ditados pelo computador, acreditando no que foi publicado, sem o devido questionamento da veracidade dos fatos apresentados.”

“Com isso, as novas redes sociais, surgidas nesse início do século XXI, se tornam os principais vetores da alienação cultural e social da população, uma vez que todos possuem um perfil virtual com acesso imensurável a todo o tipo de informações. Por isso, diversas empresas e personalidades se valem da criação de perfis próprios, atraindo diversos seguidores, aos quais impõe sua maneira de agir e pensar. Esses usuários, então, se tornam mais vulneráveis e suscetíveis à manipulação virtual.”

“Outro ponto negativo dessas redes, como o Facebook e o Twitter, é o fato de todo o conteúdo publicado ficar armazenado na internet, permitindo a determinação do perfil dos usuários e a escolha da melhor maneira midiática de agir para conquistá-los. Além disso, o uso indiscriminado de tais perfis possibilita a veiculação de imagens ou arquivos difamadores, servindo como ferramenta política e social para aumentar a credibilidade de determinadas personalidades, como ocorre com Hugo Chaves em sua ditadura na Venezuela e comprometendo outras, com falsas denúncias, por exemplo.”

Há! Como se eu não soubesse…

 

3- Toda história merece um bom desfecho.

E o Sherlock é muito bom em desfechos, mesmo com a sua forma atrapalhada, ele consegue sempre desvendar o crime e finalizar a história de maneira surpreendente. Assim como nossa participante que além de apresentar uma proposta de intervenção, apresentou também os meios para realizá-la respeitando os direitos humanos. Podemos encontrar também um fechamento do pensamento, onde as ideias contidas na introdução podem ser finalizadas na conclusão.

“Diante disso, é necessária a aplicação de medidas visando a um maior controle da internet. A implantação, na grade escolar brasileira, do estudo dessas novas tecnologias de informação, incluindo as redes sociais, e a, consequente, formação crítica dos brasileiros, seria um bom começo. Só assim, poderemos negar as previsões feitas por George Orwell e ter um futuro livre do controle e da alienação.”

 

O final do Sherlock é sempre estar perto do Watson! <3

 

4- Nada lhe escapa…

Muito menos saber o título dessa redação e notar que o título deve ser feito após a finalização da redação para que seja uma síntese do que o autor vai encontrar ao longo da leitura e provocar curiosidade para ler.

“O fim do Grande Irmão”