• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Questões comentadas: Forças Intermoleculares

Leia o resumo “Quais são as principais forças intermoleculares?” e resolva os exercícios abaixo.

1. (UFC – adaptado) Uma pesquisa publicada na revista Nature (Ano: 2000, vol.405, pg. 681,) mostrou que a habilidade das lagartixas (víboras) em escalar superfícies lisas como uma parede, por exemplo, é resultado de interações intermoleculares. Admitindo que a parede é recoberta por um material apolar e encontra‐se seca, assinale a alternativa que classifica corretamente o tipo de interação que prevalece entre as lagartixas e a parede, respectivamente:

a) íon – íon.
b) íon – dipolo permanente.
c) dipolo induzido – dipolo induzido.
d) dipolo permanente – dipolo induzido.
e) dipolo permanente – dipolo permanente.

 

2. (UFC) As forças intermoleculares são responsáveis por várias propriedades físicas e químicas das moléculas, como, por exemplo, a temperatura de fusão. Considere as moléculas de F2, Cl2 e Br2.

a) Quais as principais forças intermoleculares presentes nessas espécies?
b) Ordene essas espécies em ordem crescente de temperatura de fusão.

 

3. (IME) Analise as afirmativas abaixo e indique se as mesmas são falsas ou verdadeiras, justificando cada caso.

a) Sólidos iônicos são bons condutores de eletricidade
b) Compostos apolares são solúveis em água.
c) Caso não sofresse hibridização, o boro formaria a molécula BF.
d) A estrutura geométrica da molécula de hexafluoreto de enxofre é tetraédrica

 

Gabarito

1. C

Resolvendo passo-a-passo: 

As forças intermoleculares que atuam entre as patas da lagartixa e as superfícies por onde ela anda são forças do tipo dipolo induzido. Isoladamente, as moléculas presentes tanto na pata da lagartixa quanto na parede não apresentam um dipolo, são apolares; mas, no momento em que se aproximam, as atrações ou repulsões eletrônicas entre seus elétrons e núcleos podem levar a uma deformação de suas nuvens eletrônicas, momentaneamente, originando polos positivos e negativos temporários. Esse dipolo formado em uma molécula induz a formação do dipolo em outra molécula vizinha e, por isso, elas se atraem, mantendo-se grudadas ou unidas.

Como as suas patas possuem milhões de cerdas com espessuras muito pequenas, há o aumento da área que fica em contato com a parede, então as forças de Van der Waals produzem suficiente atração para segurar o peso da lagartixa.

 

2. Resolvendo passo-a-passo:

a) As moléculas de F2, Cl2 e Br2 são todas apolares. Portanto, as forças intermoleculares nelas presentes são interações de London, também chamadas de dipolo induzido ou forças de Van der Waals.

b) Como essas interações aumentam com o aumento do número de elétrons na molécula, a ordem crescente de interações é F2< Cl2 < Br2, que, por sua vez, é a mesma ordem de temperatura de fusão.

 

3. C

a) Falsa. Os compostos iônicos são bons condutores de eletricidade quando em solução ou fundidos.
b) Falsa. Compostos apolares são insolúveis em água, pois a água é um solvente polar.
c) Verdadeira. O boro tem um elétron desemparelhado no subnível p da última camada, que seria utilizado para a formação de uma ligação com o flúor.
d) Falsa. A estrutura da molécula de hexafluoreto de enxofre é bipiramidal quadrática.